As empresas cripto precisam de supervisão mais consolidada – Chefe Provisório do OCC

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Novembro 18, 2021 Updated Novembro 18, 2021

As empresas cripto precisam de supervisão mais consolidada – Chefe Provisório do OCC

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Novembro 18, 2021 Updated Novembro 18, 2021

O chefe interino do Gabinete de Controladoria da Moeda OCC, Michael Hsu, expressou as suas esperanças de fechar as lacunas que existem atualmente na supervisão das empresas cripto.

 

As empresas cripto escapam do Regulamento, diz o Chefe Interino do OCC

 

Em seus comentários perante o Banco da Reserva Federal da Filadélfia, na terça-feira, Hsu insistiu que fosse realizada uma supervisão mais unificada e forte para as empresas cripto, nos casos em que os reguladores e as autoridades competentes possam supervisionar diretamente as condutas de uma empresa e das suas filiais, de modo a que os riscos possam ser reduzidos ao mínimo. Hsu partilha os sentimentos que, na indústria atual, as empresas que lidam com criptos podem potencialmente escapar aos regulamentos através das suas subsidiárias.

Leia mais: Villeroy do Banco Central Europeu apela a regulamentos Cripto Mais Rápidos

Hsu insiste que nenhuma empresa cripto está sujeita a um escrutínio sério e a uma supervisão consolidada. Isto significa que os reguladores podem omitir coisas e situações, onde os riscos podem então surgir potencialmente.

 

Hsu apresentou então a sua abordagem que exigiria que tanto os reguladores federais quanto os reguladores estaduais trabalhassem lado a lado, com “mais interdependência”, ao mesmo tempo que competiam menos por cuja regulamentação será adotada. Para começar, ele sugeriu que o OCC poderia realmente estar no volante, determinando o que deveria contar como supervisão abrangente e consolidada. Ele também notou que embora o OCC também soubesse como implementar as supervisões, a tarefa era muito grande para qualquer agência reguladora única lidar sozinha.

Leia mais: Andrew Yang Promete Regulamentos Pró-Cripto, E Tem Apelo Por Isso

Hsu continuou sobre o objetivo final não ser sobre parar ciclos de negócio mas construir a confiança. Ele menciona como o ciclo da bolha das reformas pode ser reduzido se for colocada uma verificação adequada na categorização de atividades cripto, na definição de bancos sintéticos, e finalmente na identificação das caraterísticas que fazem com que as empresas cripto garantam uma supervisão consolidada.

 

Lembre-se de que o chefe do OCC já pediu à indústria que se lembrasse das lições ensinadas pela crise de 2008. Isto ajudará a evitar alguns dos riscos que vêm com as cripto mesmo enquanto o número de usuários continua a crescer massivamente nos Estados Unidos. Ele mencionou o gigante de seguros American International Group, cuja subsidiária não regulamentada tomou os holofotes durante a crise financeira. Hsu insiste que era uma questão que poderia ter sido evitada se houvesse algo como supervisão consolidada.

 

A secretária do Tesouro, Janet Yellen, escolheu Hsu como chefe do OCC em ação em maio, mas o presidente Joe Biden nomeou desde então o antigo conselheiro de política, Saule Omarova, para liderar os assuntos da instituição. Como parte de sua nomeação, Omarova deverá falar perante o Comitê Bancário do Senado em 18 de novembro.

Leia mais: Regulamentos de Ativos Digitais: A CFTC Tem Uma Autoridade de Aplicação Ampla Sobre Derivativos Cripto?

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
1807 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story