O Paypal Comprará Bitcoin Para Buscar Lucros Em Spreads

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Outubro 22, 2020 Updated Outubro 22, 2020

O Paypal Comprará Bitcoin Para Buscar Lucros Em Spreads

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Outubro 22, 2020 Updated Outubro 22, 2020

Embora a notícia de que o PayPal está habilitando pagamentos cripto tenha sido amplamente vista como otimista para o setor, houve algumas críticas sobre suas políticas restritivas.

O Bitcoin atingiu uma nova alta em 2020, acima de US$13 mil nas horas seguintes à notícia de que o PayPal estaria permitindo pagamentos em criptomoeda para seus clientes nos Estados Unidos.

No entanto, alguns analistas e especialistas da indústria comentaram que pode não ser um grande negócio porque os clientes não podem nem mesmo retirar seus ativos cripto para wallets de custódia. Isso significa que o PayPal possui as chaves cripto e, portanto, pode ditar os preços de qualquer ativo digital em sua plataforma.

Então, o que o PayPal deseja com cripto?

O parceiro da Cinneamhain Ventures, Adam Cochran, deu uma olhada mais profunda nesta narrativa, sugerindo que o PayPal provavelmente permitirá as transferências, uma vez que uma estrutura AML (anti-lavagem de dinheiro) robusta esteja em vigor. Ele acrescentou que agora eles querem lucrar com os spreads.

Um spread é a diferença no preço de uma moeda entre o comprador e o vendedor. O PayPal já lucra enormemente com os spreads cambiais quando os usuários enviam dinheiro para contas denominadas em moedas diferentes ou países diferentes. É provável que expanda isso, permitindo que os clientes comprem e vendam cripto a partir de fiat já em suas contas do PayPal.

Cochran acrescentou que a gigante dos pagamentos provavelmente comprará e manterá o Bitcoin , uma vez que já fez parceria com a firma de ativos digitais financeiros regulamentados Paxos e adquiriu um BitLicense para operar em Nova York.

“Como eles oferecem liquidação em dinheiro para os comerciantes, eles precisam de suas próprias posses robustas antes de abrirem as comportas”.

Ele continuou a narrativa acrescentando que o PayPal não quer que seus clientes especulem sobre moedas, digitais ou outras, pois isso atrairá a atenção regulatória.

Atrás da Coinbase

A empresa pode estar de olho no modelo da Coinbase, acrescentou ele, que fatura bilhões com compras, pagamentos comerciais e custódia. Aumentar o suporte ao cliente para educar e dar suporte a 340 milhões de usuários e 26 milhões de comerciantes em novos recursos não é uma tarefa fácil, ele continuou.

Um programa piloto sensato seria o PayPal ser lançado primeiro em países amigáveis às cripto, o que os EUA claramente não são. Cochran concluiu que eles apostaram tudo. Isso se refere às licenças regulamentares e disposições de relatórios fiscais que os clientes dos EUA terão que cumprir.

“O PayPal mergulhou primeiro no futuro dos pagamentos. E espero que nos próximos anos eles adicionem * agressivamente * novos recursos, incluindo depósitos/retiradas.”

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
1932 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story