Opinião: “Bitcoin Terá Uma Capitalização de Mercado Maior que o Ouro” Diz Novogratz


Opinião: “Bitcoin Terá Uma Capitalização de Mercado Maior que o Ouro” Diz Novogratz

  • O Bitcoin terá uma capitalização de mercado maior que o ouro,’ diz Novogratz.
  • A capitalização de mercado do atual do BTC é de 15% do ouro.

O CEO da Galaxy Digital e bilionário Mike Novogratz acredita que o Bitcoin (BTC) ultrapassará o ouro como reserva de valor no futuro próximo se o momentum altista atual continuar. O principal criptoativo, que subiu em 2020 para uma capitalização de US$1,8 trilhão, ultrapassará ou igualará a capitalização de mercado no processo, ele acrescentou em uma entrevista à CNBC na quarta-feira.

No entanto, Novogratz não acredita que o BTC será adotado como moeda global. Ele acredita que o Bitcoin cresceu para se tornar um ativo estável com fundamentos fortes como reserva de valor.

“Eu não acredito,” respondeu ele a uma pergunta sobre se o Bitcoin se tornará uma moeda global. “Acredito que o Bitcoin é um ativo típico. Acredito que seja ouro.”

Desde a virada do ano o Bitcoin subiu 101%, apesar de romper sua alta histórica de três anos atrás em dezembro de 2020. Nesse momento no ano passado, a capitalização de mercado total do Bitcoin era apenas 0,9% da capitalização de mercado global do ouro que está em US$12 trilhões. Com um aumento estável de US$58.500, no momento em que esse artigo foi escrito, a capitalização total de mercado do BTC estava em 15% do ouro – ameaçando destronar o ouro como a reserva de valor principal, Novogratz disse ainda.

“O Bitcoin estava em um caminho inevitável para ter a mesma capitalização de mercado do ouro e então uma maior que a do ouro”, disse ele. “É uma questão de quão rápido a adoção ocorrerá.”

E a adoção está acontecendo rápido com as instituições rapidamente acompanham a utilidade e valor do Bitcoin. Mais cedo hoje, a Goldmans Sachs anunciou plano de começar a oferecer Bitcoin para seus clientes de gestão de ativos patrimoniais, afirmando a proposta de valor e retornos do ativo. Isso vem após adições recentes do Bitcoin no pagamento de checkout de comerciantes do PayPal e a integração da Visa ao Ethereum para liquidar transações mais rapidamente usando o USDC.

Ele ainda aconselhou que os “sem moedas se expusessem de alguma forma ao Bitcoin para evitar perder os grandes ganhos do ativo.

“Se você não está long, você está short on Bitcoin e a maioria das pessoas não possuem Bitcoin em seus portfolios ainda e elas querem pelo menos ter alguma coisa”, Novogratz explicou. “De dois a quatro porcento, ou 1% a 2% para os mais conservadores.”

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Guilherme de Faria Martins da Silva
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Publique seu comentário...
Guilherme de Faria Martins da Silva 1578 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Follow Guilherme de Faria @