Turquia apreende ativos do fundador da FTX, Sam Bankman-Fried

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Novembro 24, 2022 Updated Novembro 24, 2022

Turquia apreende ativos do fundador da FTX, Sam Bankman-Fried

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Novembro 24, 2022 Updated Novembro 24, 2022

A Turquia apreendeu os ativos do fundador da FTX, Sam Bankman-Fried, em meio a uma investigação em andamento, de acordo com o ministro do Tesouro e das Finanças turco.

 

De acordo com uma declaração feita na quarta-feira pelo Ministério do Tesouro e Finanças da Turquia, um inquérito foi aberto sobre alegações de fraude contra Sam Bankman-Fried, ex-CEO da exchange de criptomoedas FTX. No decurso do inquérito, as autoridades turcas também apreenderam os bens do Bankman-Fried e das suas filiais.

 

Conselho de Investigação de Crimes Turcos Assume FTX

 

Nureddin Nebati, ministro do Tesouro e Finanças, emitiu um comunicado no qual disse que o mercado de criptomoedas precisava ser abordado com “máxima cautela”. Ele fez esse argumento com base no fato de que a indústria de criptomoedas introduz novos riscos e novas oportunidades.

 

Apesar do fato de que o Bankman-Fried eventualmente emitiu um pedido de desculpas aos investidores na forma de uma série de tweets, a exchange FTX, seu token nativo – FTT e o maior mercado de cripto estão em completa queda livre. As empresas associadas à FTX também enfrentaram o calor, com muitas à beira de pedir falência.

 

A FTX TR, uma subsidiária localizada na Turquia, faz parte do  falido império de criptomoedas de Bankman-Fried.

 

A Saga FTX em Curso

 

Conforme relatado anteriormente na CoinGape, a FTX financiou a Alameda Research, bilhões de dólares em ativos de clientes para financiar negociações arriscadas e até empréstimos pessoais para a administração, abrindo caminho para sua queda repentina. Com apenas US$1 bilhão em ativos líquidos, a FTX não conseguiu preencher a lacuna e, eventualmente, teve que pedir falência.

 

No que parecia ser um potencial resgate da exchange problemática, sob uma restrição de liquidez, a gigante cripto Binance assinou uma carta de intenções no início deste mês para adquirir seu rival em dificuldades, a FTX. No entanto, esse plano falhou pouco mais de 24 horas depois, após a devida diligência da Binance na FTX.

 

A renomada exchange cripto, que já foi líder em seu domínio, desmoronou em pedaços em menos de algumas semanas. E seu fundador, SBF, que em um ponto tinha um patrimônio líquido de mais de US$16 bilhões, perdeu 98% de sua riqueza em um único dia, após o desaparecimento da FTX.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
2796 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story