Empresas do Grupo Bitcoin Banco Passarão Por Perícia Prévia – Recuperação Judicial Suspensa


Empresas do Grupo Bitcoin Banco Passarão Por Perícia Prévia – Recuperação Judicial Suspensa

Decisão judicial prolatada na quarta-feira, 08 de abril pelo desembargador Espedito Reis do Amaral, da 18ª Câmara Cível de Curitiba/PR decide que empresas do Grupo Bitcoin Banco (GBB) deverão passar por perícia prévia a fim de justificar a viabilidade do prosseguimento da Recuperação Judicial (RJ) ou não.

Fonte: Migalhas

Trecho da decisão afirma que:

“No caso concreto, os agravantes suscitaram diversas questões que necessitam ser esclarecidas e que justificam a realização da perícia prévia. Com efeito, são alegações relevantes e, constatada quaisquer delas, a efetiva possibilidade de soerguimento das recuperadas estará submetida a dúvida no mínimo razoável.”

Os agravantes, no caso, são um grupo de credores do GBB que vê a RJ proposta com reservas e duvida da capacidades das empresas se reerguerem e pagarem suas dívidas. O temor, ao que tudo indica, é que a RJ seja simplesmente uma tentativa jurídica de protelas as dívidas e as implicações criminais das ações contra os administradores do GBB.

Trecho do pedido diz que

 

“a alegada fraude sofrida pelo GBB, que teria sido a causa da crise enfrentada pelo Grupo, ao que tudo indica, foi utilizada apenas como pretexto para suspender completamente as operações de saque das contas vinculadas às plataformas desde maio/2019. A referida suspensão, que seria temporária, tornou-se definitiva após promessas descumpridas, causando grande revolta entre os consumidores.”

A recuperação econômica, em casos típicos, tem que ver com a continuidade da atividade empresarial por parte da empresa. Todavia, praticamente nenhum credor acredita que o GBB possa seguir uma vez que a perda de qualquer credibilidade no mercado, em função dos acontecimentos relativos ao travamento dos saques, torna o quadro bastante implausível, para dizer o mínimo.

Lacunas nos documentos apresentados na RJ também foram atacadas no agravo dos credores:

“Dentre as várias irregularidades formais e materiais, salta aos olhos, por exemplo, que no balanço especial de 2019 (mov. 1.115) da NegocieCoins conste a realização de mútuo a partes relacionadas no valor de mais de 2 bilhões de reais, sem que se consiga observar a correspondências desses empréstimos nos balanços das demais empresas do grupo. Tampouco a operação parece ter coerência quando se analisa as DRE especial de 2019.31; Diante dessa constatação, causa espanto e estranheza que a Administradora Judicial tenha simplesmente endossado as afirmações do GBB e dado por regular e completa a documentação, sem ter feito exame rigoroso dos documentos juntados pelas Recuperandas, o que levou esse Tribunal a revogar o efeito suspensivo que havia sido concedido no AI 0001593-48.2020.8.16.0000;”

Não há a mínima seriedade no pedido de recuperação judicial

A defesa dos credores é que “não há a mínima seriedade no pedido de recuperação judicial” do GBB.

A ideia é que a RJ estaria sendo utilizado apenas como instrumento para reduzir a dívida do grupo, mas que tal instituto só deveria poder ser utilizado para o soerguimento de “empresas sérias”, o que, aparentemente, na visão desses credores, não é o caso das empresas do Grupo Bitcoin Banco.

 

Summary
Empresas do Grupo Bitcoin Banco Passarão Por Perícia Prévia - Recuperação Judicial Suspensa
Article Name
Empresas do Grupo Bitcoin Banco Passarão Por Perícia Prévia - Recuperação Judicial Suspensa
Description
Decisão judicial prolatada na quarta-feira, 08 de abril pelo desembargador Espedito Reis do Amaral, da 18ª Câmara Cível de Curitiba/PR decide que empresas do Grupo Bitcoin Banco (GBB) deverão passar por perícia prévia a fim de justificar a viabilidade do prosseguimento da Recuperação Judicial (RJ) ou não.
Author
Publisher Name
CoinGape
Publisher Logo
Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Ezequiel Gomes

Ezequiel Gomes é escritor, Youtuber, palestrante, jornalista e entusiasta incondicional da blockchain e da descentralização proporcionada pelas criptomoedas.

Publique seu comentário...
Ezequiel Gomes 835 Articles

Ezequiel Gomes é escritor, Youtuber, palestrante, jornalista e entusiasta incondicional da blockchain e da descentralização proporcionada pelas criptomoedas.

Follow Ezequiel @