O Uso de Privacy Coins, Como a Monero, Por Criminosos É uma Coisa Boa: McAfee

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Fevereiro 22, 2020 Updated Fevereiro 22, 2020

O Uso de Privacy Coins, Como a Monero, Por Criminosos É uma Coisa Boa: McAfee

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Fevereiro 22, 2020 Updated Fevereiro 22, 2020

O especialista em segurança John McAfee diz que a adoção de privacy coins está vindo. Ele acredita que isso foi confirmado pelo uso destas por criminosos. Historicamente, ele observa, eles foram os primeiros na nova tecnologia enquanto o governo tem sido lento. Em uma tentativa de alcançá-los, o governo terá que se adaptar à nova tecnologia, levando à adoção em massa.

Privacy Coins Não São Para Criminosos

As criptomoedas não foram projetadas para facilitar o crime. A maioria foi projetada para satisfazer a necessidade das pessoas de manter a vida delas privada. Elas deveriam trazer liberdade financeira. Uma das favoritas é a Monero.
Alguém poderia comprar produtos e serviços sem deixar qualquer vestígio para o governo, corporações buscando monetização através de anúncios ou qualquer outra parte.

Infelizmente, elas permitiram que criminosos operassem sem serem pegos facilmente. Mais especificamente, privacy coins. As privacy coins foram projetadas para esconder a identidade da pessoa fazendo a transação. A maioria usa provas de conhecimento zero para garantir que a identidade seja retida.

Isso as tornou populares entre os criminosos que se aproveitam disso. Enquanto a maioria na indústria de cripto acredita que isso seja uma coisa ruim, John McAfee acha que isso é bom. Os criminosos validaram a tecnologia e agora a corrida para o governo acompanhar começou.

Embora seja verdade que as tecnologias mencionadas acima, realmente funcionaram com os criminosos, isso não garante o mesmo para as privacy coins. Nos últimos anos temos visto privacy coins saírem das listagens com as exchanges buscando se adequar aos KYCs exigidos em diferentes países.

Finalmente, com o aumento das atividades criminosas usando as privacy coins, podemos vê-las sofrendo forte pressão dos reguladores. Isso pode ver a popularidade delas se esvair antes de finalmente morrer.

O Que Pensa a Comunidade?

A comunidade está dividida entre os que acreditam e os especuladores. Os que acreditam sabem que isso é uma coisa ruim. Isso irá alimentar um mercado pouco saudável que terá, no fim das contas, que ser destruído pelo governo. Aqueles buscando liberdade financeira não pensam que criminosos são uma boa coisa.

Os especuladores, por outro lado, sabem que os criminosos trazem adoção e demanda. Eles podem conseguir lucro e quando cair, vender rápido, eles estão apoiando a visão de McAfee em 100%.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
2272 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story