Xangai pretende alcançar a economia digital de US$446 bi através da Web 3

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Julho 13, 2022 Updated Julho 18, 2022

Xangai pretende alcançar a economia digital de US$446 bi através da Web 3

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Julho 13, 2022 Updated Julho 18, 2022

O Governo Municipal do Povo de Xangai estabeleceu seu 14º plano quinquenal para o desenvolvimento da economia digital de Xangai. Xangai é considerada a capital financeira da China.

 

O documento de orientação destaca um roteiro para o desenvolvimento da tecnologia blockchain para dar poder ao futuro digital de Xangai. Estabelece também os planos do governo para a construção de plataformas comerciais NFT e modelos de negócio de blockchain. 

 

O documento de orientação estabelece as ideias do Primeiro-Ministro chinês Xi Jinping sobre o socialismo com caraterísticas chinesas como princípio orientador e apela a uma profunda integração da tecnologia digital e da economia real.

 

Xangai pede por integração Web3 – blockchain

 

O governo de Xangai apela à economia digital de Xangai para que alcance 3 trilhões de Yuan, cerca de 60% de todo o PIB da cidade. Supõe-se que a infraestrutura digital de blockchain seja uma parte fundamental do plano.

 

O governo declara explicitamente o apoio de empresas líderes para explorar a construção de plataformas comerciais de NFT e trabalhar na digitalização de NFT.

 

O documento de política destaca a importância da integração da blockchain para capacitar aplicações financeiras. Também apela à criação de ledgers baseados em blockchain, comunicações ponto-a-ponto baseadas em blockchain e sistemas de contratos inteligentes. 

 

O documento também exige progresso na tecnologia Web 3.0 em Xangai. Produtos como OpenID, armazenamento de dados distribuído, DNS descentralizado e tecnologia de comunicação de ponta a ponta são destacadas como áreas importantes de desenvolvimento.

 

Xangai planeja construir um ecossistema de blockchain forte e modelos de negócio de blockchain sustentáveis.

 

Recentemente, Xangai lançou outro documento de política para cultivar uma indústria de Metaverso de US$52 bilhões. Esse artigo também identifica blockchain e Web 3.0 como aspectos importantes para atingir esse objetivo. 

 

A atitude da China em relação às cripto

 

No dia 24 de setembro de 2021, o banco central da China, o Banco Popular da China, declarou todas as transações cripto ilegal. O preço de Bitcoin caiu mais de US$2.000, como resultado da repressão da China. 

 

No entanto, em janeiro de 2022, a China declarou que, embora as transações cripto ainda fossem ilegais, iriam com tudo nos NFTs. A Blockchain Services Network, uma empresa chinesa apoiada pelo Estado, anunciou seu plano para construir um mercado NFT.

 

Recentemente, um jornal do Partido Comunista Chinês alertou que os preços das criptomoedas iriam descer para zero.

 

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
2812 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story