Ações de Empresas Listadas Em Hong Kong da Huobi e OKEX Caem Após Suspenderem Serviços

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Maio 24, 2021 Updated Maio 24, 2021

Ações de Empresas Listadas Em Hong Kong da Huobi e OKEX Caem Após Suspenderem Serviços

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Maio 24, 2021 Updated Maio 24, 2021

• A maior parte das exchanges cripto e empresas de mineração na China estão mudando suas operações para outros países considerando último ataque regulatório contra as criptos.
• O impacto do ataque da China enviou ondas de choque até mesmo para o mercado de ações e às empresas cripto de capital aberto.

O recente ataque da China aos mineradores e traders cripto no país enviou ondas de choque por todo o mercado cripto. No domingo, 23 de maio, o mercado cripto entrou em uma correção severa caindo mais 14% com as exchanges chinesas começando a cortar seus serviços para os investidores chineses.

Logo após a Huobi e a OKEx anunciarem a limitação de seus serviços, as ações dessas empresas na bolsa de Hong Kong começaram ter uma grande correção. Está claro que o ataque regulatório da China contra as criptomoedas possui consequências muito além do mercado cripto.

Mais cedo hoje, as ações da OKEx e da Huobi caíram 15% e 20% respectivamente com o medo segurando os investidores antes da próxima política cripto da China.

Isso vem com a exchange de cripto Huobi confirmando à Reuters que está planejando suspender seus serviços na China continental. Ao invés disso, agora ela focará seus serviços em mercados internacionais. Não apenas exchanges, mas negócios de mineração com base na China estão fazendo movimentos semelhantes. De acordo com notícia da CoinGape, a maioria dos mineradores de cripto chineses estão mudando suas instalações para a Europa e América do Norte.

Conforme sabemos, apenas a China conta com mais de 65% das operações de mineração globais. Os mineradores chineses mantêm grandes quantidades de Bitcoin e Ethereum. Assim, o impacto sobre o preço é bastante óbvio. Por outro lado, os investidores chineses eram participantes ativos no espaço cripto contribuindo com cerca de 60% do volume de negociação para contratos perpétuos. A Wu Blockchain aponta que as moedas com investimentos chineses pesados foram as que mais caíram na semana passada.

Hong Kong Restringe o Uso de Exchanges Cripto a Investidores Profissionais

Uma notícia recente da Reuters notou que as exchanges de cripto operando de Hong Kong precisam ter uma licença dos reguladores locais e devem ser capazes de oferecer seus serviços apenas para investidores profissionais. No entanto, o jornalista chinês Wu Blockchain observa que não há nada de novo, pois, HK sempre exigiu que as exchanges possuíssem licenças. Ele ainda acrescenta:

“O ataque de Pequim contra as criptomoedas na China continental não inclui Hong Kong. De forma semelhante, a política de criptomoedas de Hong Kong não tem nada a ver com a da China continental”.

A política de criptos da China deve ser muito bem observada adiante, especialmente por alguns dos maiores players institucionais que vêm se aventurando no Bitcoin nos últimos anos.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
2626 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story