Audiência da FTX: CEO John J. Ray III alega “desfalque” causa raiz do colapso da FTX

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Dezembro 14, 2022 Updated Dezembro 14, 2022

Audiência da FTX: CEO John J. Ray III alega “desfalque” causa raiz do colapso da FTX

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Dezembro 14, 2022 Updated Dezembro 14, 2022

Em uma audiência no Congresso em andamento, o recém-nomeado presidente-executivo da FTX, John J Ray III,  falou sobre a FTX e seu fundador, Sam Bankman-Fried. Ele disse ao painel que SBF “deveria saber” que suas ações e conflitos de interesse na relação corporativa entre a exchange cripto FTX e seu braço comercial Alameda Research resultariam no colapso final do império.

 

John J. Ray condena SBF pela quebra da FTX

 

Em suas observações, Ray afirmou que os ativos pertencentes aos clientes da FTX foram combinados com os da empresa comercial de Bankman-Fried, a Alameda. Ele afirmou ainda que a exchange FTX também possibilitou que a Alameda tomasse dinheiro emprestado de forma eficiente sem restrições.

 

No depoimento preparado, ele disse que a Alameda também usou fundos de clientes para negociações, sujeitando-os a perdas significativas.

 

Investigação confunde congresso

 

John J Ray testemunhou perante um comitê do Congresso na terça-feira que era inerentemente perigoso para uma corporação que opera no setor de criptomoedas incluir seus próprios tokens como um ativo em seu balanço. Ele mencionou isso citando o token nativo da exchange, o FTT.

 

Além disso, Ray comentou sobre o uso do Quickbooks pela FTX, afirmando:

 

[FTX] usou Quickbooks – uma empresa multibilionária usando Quickbooks. Nada contra o Quickbooks, ferramenta muito bacana, só não para uma empresa multibilionária.

 

O representante Frank Lucas, de Oklahoma, declarou:

 

Bankman-Fried claramente tentou se exibir como o mais brilhante dos brilhantes, mas ser brilhante não faz de você honesto nem um tolo, não é?

 

O rápido uso de palavrões por SBF em seus comentários iniciais foi criticado pelo representante do Missouri, Emanuel Cleaver, como sendo “extremamente ofensivo” ao Congresso.

 

À luz dos desenvolvimentos recentes, continuou o congressista, ele estaria pensando em apresentar uma resolução para renomear a criptomoeda como “moeda de massa assustadora”.

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
2956 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story