Bitcoin afunda 7% à medida que as tensões entre a Rússia e a Ucrânia sobem; os dados on-chain permanecem altistas

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Fevereiro 18, 2022 Updated Fevereiro 18, 2022

Bitcoin afunda 7% à medida que as tensões entre a Rússia e a Ucrânia sobem; os dados on-chain permanecem altistas

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Fevereiro 18, 2022 Updated Fevereiro 18, 2022

A maioria das principais criptomoedas caiu acentuadamente na sexta-feira, com a negociação do Bitcoin a em baixas de duas semanas, no que diz respeito a uma invasão russa na Ucrânia, empurrou os traders para ativos seguros.

Bitcoin price update

Atualização do preço do Bitcoin

Leia mais: Gigante de óleo e gás de US$120 bi ConocoPhillips se junta ao negócio de mineração de Bitcoin

A maior criptomoeda do mundo perdeu mais de 7% nas últimas 24 horas, sendo negociado em cerca de US$40.700, de acordo com dados CoinGecko.  dos EUA o Presidente Joe Biden alertou para o fato de haver um risco muito elevado de invasão russa nos próximos dias.

 

O mercado global de cripto perdeu cerca de 5,7% durante a noite, ou US$1,1 bilhão, estando atualmente num total de US$1,95 trilhão em valor.

 

Entre as crescentes tensões com a Rússia, a Ucrânia também aprovou uma lei para legalizar as criptomoedas.

 

A medida chega apenas alguns dias depois de o governo russo legalizar as cripto.

 

Ethereum, BNB, XRP e Cardano caíram entre 3% e 10% na sexta-feira. A stablecoin Tether registrou perdas consideráveis e teve os maiores volumes entre os seus pares nas últimas 24 horas, com cerca de US$46 bilhões – o que indica que os traders estavam favorecendo ativos seguros.

 

Os rendimentos de títulos de 10 anos dos EUA também afundaram durante a noite, de acordo com dados da CNBC, enquanto o dólar subiu na procura de um ativo seguro.

Leia mais: 30 Carteiras de Bitcoin Banidas por Ordens do Governo Canadense

O Bitcoin ainda vê potencial de subida

 

Apesar das perdas recentes, a maior criptomoeda do mundo ainda está vendo um aumento constante nos usuários ativosA Coingape relatou. Os dados poderiam implicar que a moeda fosse definida para uma recuperação acentuada das perdas recentes, indicando um potencial fim do ciclo baixista Bitcoin.

O fluxo de entrada de novos usuários por parte da legalização recente na Rússia e na Ucrânia também poderia apontar para ganhos a longo prazo para a moeda. De acordo com a atividade de usuários ativo de dados na rede Bitcoin é muito maior do que em comparação com ciclos baixistas anteriores. Em primeiro lugar, isto indica que os ciclos baixistas são mais longos do que os anteriores.

Leia mais: Carro de R$ 3 milhões do ‘sheik do bitcoin’ é apreendido pela polícia

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
2272 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story