Bitcoin [BTC] Em Destaque, Famoso Show de TV “Billions” Começa a Temporada 5 Com o Bitcoin [BTC]

Por Guilherme de Faria Martins da Silva
Publicados Maio 5, 2020 Atualizado Maio 5, 2020
Imagem Cortesia da Next Episode
By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Maio 5, 2020 Updated Maio 5, 2020

O Bitcoin (BTC) foi mencionado no popular Programa de TV americano, Billions.

Seguidores ao redor do mundo estavam fixos na tela da TV – obviamente por causa das chamadas de distanciamento social e fechamento de cinemas e por aí vai, Chuck Roades – interpretado por Paul Giamatti, que é um sincero, mas implacável promotor dos Estados Unidos, surpreendentemente (ele é um homem do sistema) detalhou os elementos do Bitcoin.

A quinta temporada de “Billions” estreou no domingo e é uma série de drama vagamente baseada no antigo promotor dos Estados Unidos Preet Bharara que ficou Famoso por ir atrás de Steve Cohen, o bilionário fundador da S.A.C. Capital Advisors, um fundo de hedge.

Nessa temporada, o criador do programa Brian Koppelman disse que se apoiou nos serviços de Ben Mezrich que é um escritor publicado e o autor do Bitcoin Millionaires. O livro será lançado em 12 de maio.

Dessa forma, não é de surpreender que o Bitcoin, um ativo digital cuja produtividade está aumentando antes de seu terceiro evento fundamental, teve uma nova menção:

Numa cena, Chuck Roades disse sarcasticamente:

“—e para que? Uma infinidade de computadores poderem resolver uma equação matemática abstrata resultando na mineração de…Bitcoin. Vale milhões agora que seria…mas apoiado no que? Nem um nada, nadica, nada…”

O contra-argumento questionou de onde o valor do “todo-poderoso” dólar dos EUA vem. Se o Bitcoin está apoiado em nada mais do que a natureza distribuída de seus computadores, então o que apoia o USD?

Essa tem sido uma questão que vai e volta desde a criação do Bitcoin. Após o desvio do padrão ouro, Chuck argumenta que o USD é apoiado na plena confiança no tesouro dos EUA e suas forças armadas.

Enquanto isso, o valor do Bitcoin é retirado de uma comunidade vibrante que em qualquer momento garante que o intermediário, ou seja, bancos e outras instituições financeiras, sejam cortados da equação. A rede é robusta, resiliente e até mesmo sem o apoio do governo, sobreviveu ao teste do coronavírus.

Ao contrário dos mercados tradicionais nos quais as ações se destacaram proeminentemente, o Bitcoin não recebeu nenhuma forma de estímulo e ainda continua a superar o S&P 500 e até mesmo o ouro. Sua inflação está em torno de 3,8 porcento e deve cair para cerca de 1,6 porcento após o halving e ficar par a par com o ouro.

Nessa taxa, todos os ponteiros revelam que o Bitcoin no final do dia evoluirá numa reserva de valor confiável cuja escassez pode ser medida publicamente e cujos níveis de escassez se projetaram confiantemente.

Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
Guilherme de Faria Martins da Silva
3259 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story