Bitwise Entra Novamente Com Pedido para ETF de Bitcoin, Eis o Porque a Empresa Acredita que Conseguirá a Aprovação Desta Vez

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Outubro 16, 2021 Updated Outubro 16, 2021

Bitwise Entra Novamente Com Pedido para ETF de Bitcoin, Eis o Porque a Empresa Acredita que Conseguirá a Aprovação Desta Vez

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Outubro 16, 2021 Updated Outubro 16, 2021

A popular gestora de ativos Bitwise entrou com um pedido para um produto Bitcoin de Fundo Negociado em Bolsa (ETF) com a NYSE Arca, uma importante mudança que está fazendo após a rejeição de seus pedidos anteriores. Conforme revelado pelo Diretor de Investimento da empresa, Matt Hougan, a Bitwise tem atualmente uma pedido ativo de ETF de Futuros do Bitcoin, no entanto, a empresa acredita que um verdadeiro ETF de Bitcoin é melhor para os investidores.

Leia mais: Além do Bitcoin: Gestora de Ativos Bitwise Lança Crypto Index Fund Oferecendo Exposição a Altcoins

Explicando as razões pelas quais um ETF de Bitcoin é melhor do que o modelo de Futuros, Hougan notou que poderia custar até 5-10% ao ano para lançar os futuros (“contango”). O lançamento também irá incorrer em mais 1-2% em taxas, tornando-o uma aventura não econômica para uma entidade que deseja obter lucro para seus investidores. De acordo com as regras existentes, não é possível um investimento de 100% de fundos em futuros por parte de um ETF, e como tal, a maioria das empresas que entram pedidos de produtos está olhando para uma taxa de diluição de 85%, com os restantes 15% comprometidos com outros investimentos que podem ser qualquer coisa.

Hougan também apontou que há riscos de cauda associados com ETFs de Bitcoin que acompanham futuros, citando que limites de posição, liquidez, e outros fatores podem quebrar, aumentando ainda mais as incertezas nas opções dos Futuros de Bitcoin.

Leia mais: Veja Com o Que O Presidente da SEC Gary Gensler Comparou as Stablecoins

O Caso para Aprovação

Hougan notou que a última rejeição do pedido de ETF de Bitcoin que recebeu da Securities and Exchange Commission (SEC) foi acompanhada por um memorando de 100 páginas no qual o regulador de mercado compartilhou suas maiores preocupações sobre o ecossistema de Bitcoin. O CIO da Bitwise notou que toda a equipe passou os últimos 2 anos analisando as preocupações e como elas podem ser abordadas em pedidos futuros.

Uma das preocupações centrais prende-se na incapacidade de impedir a manipulação de preços e de impor uma ampla vigilância das atividades. A fim de verificar a marca para este requisito, a SEC exigirá um “mercado regulamentado de dimensão significativa” para conduzir a descoberta de preços, tal como para outros ETFs de commodities.

Atualmente, a Chicago Mercantile Exchange (CME) se encaixa em ambas as descrições, pois não é apenas regulada, é a principal fonte de descoberta de preços antes de outras importantes exchanges, incluindo a Coinbase e a Binance. Com base neste desenvolvimento, a Bitwise está confiante de que o tempo está próximo para a SEC aprovar seu pedido.

Hougan reiterou que a proteção do investidor que a SEC quer é também uma prioridade máxima para a empresa, e incorporou todas as preocupações na sua última apresentação. Com o aumento das expetativa para uma ETF de Futuros do Bitcoin este mês, há espaço suficiente para determinar se a aplicação da Bitwise tem alguma hipótese desta vez.

Leia mais: Prêmio dos Futuros de Bitcoin Dispara 3x Entre Fortes Rumores de um ETF de Futuros do Bitcoin

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
1807 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story