O DDoS da Solana: 16 coisas que podemos aprender

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Outubro 31, 2021 Updated Outubro 31, 2021

O DDoS da Solana: 16 coisas que podemos aprender

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Outubro 31, 2021 Updated Outubro 31, 2021

Foi a mais de um mês que o DDoS de Solana foi noticiado. O que causou estragos na segurança do investidor hoje é apenas uma memória. E não é mesmo uma que muitos compartilham.

Então, o que aprendemos com isso? O ataque desmoronaria quase toda a criptomoeda, mas a Solana mal sentiu as repercussões além de um incômodo. Hoje em dia, continua a crescer e a adicionar novas funcionalidades.

Separamos 16 lições fundamentais deste ataque. Vamos ver quais são.


Nº 1. O DDoS da Solana revelou fraquezas significativas

Desde o seu lançamento, a Solana provou ser uma rede robusta com vantagens que os seus concorrentes não têm. Um dos pontos mais fortes é a escalabilidade.

No entanto, o ataque revelou que o sonho de transações ilimitadas em segundos ainda está longe. Isto deve-se ao fato de a queda ocorreu por conta de um excesso de operações.

Nº 2. Os validadores são uma parte vital da rede Solana

Os validadores foram o pilar que desmoronou durante o DDoS da Solana. Estes nós são críticos para verificar cada transação.

O volume de transações causou o colapso de vários validadores, que reiniciaram. Quando a maioria caiu, toda a rede desmoronou.

Nº 3. O DDoS da Solana não foi um ataque isolado

Por outro lado, a CoinTelegraph relatou outro fato interessante: O Arbitrum e o Ethereum também estavam em risco. Curiosamente, não no mesmo nível.

Um ataque semelhante atingiu a rede Arbitrum One. O ataque também conseguiu desmoronar a rede Arbitrum por algum tempo, mesmo sem comprometer os fundos.

Nº 4. O Ethereum conseguiu sobreviver ao DDoS da Solana

Curiosamente, o Ethereum também foi um dos alvos, mas o ataque não conseguiu desmoronar a rede como em casos semelhantes.

Na verdade, o evento só foi conhecido por um anúncio oficial no Twitter. Afetou uma minoria de nós e causou uma rápida reorganização.

Nº 5. As exchanges descentralizadas poderiam ser uma vulnerabilidade?

A Decrypt tem uma perspectiva específica. O DDoS da Solana apareceu para começar com o lançamento de uma DEX na Raydium, uma Defi na Solana.

Bots usaram este protocolo para sobrecarregar a rede com transações. No entanto, exchanges centralizadas Também foram vítimas de tais ataques.

Nº 6. A descentralização foi crucial para superar o DDoS da Solana

A Solana se recuperou surpreendentemente rapidamente. No seu relatório oficial, explicam que a descentralização era a chave para isso.

Basicamente, resolver o problema era a responsabilidade da comunidade. Uniram-se, portanto, para resolver tudo em menos de um dia. Isso não poderia acontecer em redes centralizadas, como a Amazon Web Services, que dependem de terceiros.

Nº 7. A comunidade Solana é uma força crucial na estabilidade da Solana

A Invezz também relata o esforço surpreendente da comunidade necessário para a solução. Mais de mil validadores e a maioria dos apostadores colaboraram com os engenheiros da Solana.

Como resultado, o DDoS da Solana terminou após 18 horas. Tal comunidade é uma consideração crucial para investir em qualquer cripto.

Nº 8. O DDoS da Solana sugere a necessidade de protocolos mais robustos

Curiosamente, uma breve discussão no Reddit sugere que os usuários já estavam preocupados com esta possibilidade. Um comentário apontou para a solução básica da Solana.

Portanto, podemos aprender que você nunca está muito seguro, e você deve testar protocolos de segurança.

Nº 9. A confiança do mercado ultrapassou a força do DDoS da Solana

Entretanto, há um outro lado da moeda ao falar sobre a confiança. O preço da Solana se recuperou em menos de uma semana após o ataque.

Produtos de investimento da Solana viram uma entrada de US$4,8 milhões. Isto deve-se ao próximo ponto.

Nº 10. O problema pode não ter a ver com a rede Solana

Alguma da confiança é que o DDoS da Solana não é sobre a própria rede. Os ataques como este são parte de toda a indústria da Internet.

Pelo contrário, o momento de resolver tudo deixa a Solana apenas como uma rede eficaz e eficiente.

Nº 11. A Solana precisa prestar atenção aos “nós domésticos” em sua rede

Embora não seja uma publicação oficial, esta discussão na GitHub oficial oferece uma excelente perspectiva. Basicamente, os nós receberam tráfego depois de desligar.

O tráfego de 300 Mbps pode ser pequeno para redes institucionais, mas pode matar uma rede residencial ou doméstica.

Nº 12. A solução para a eficiência da rede pode ser uma fraqueza durante o DDoS da Solana

O uso de nós inativos garantirá que haja sempre um número efetivo de nós para processar o tráfego da rede. Essa é a teoria.

No entanto, essa sobrecarga fez com que esses nós reinicializassem, cortando toda a atividade da rede.

Nº 13. A Solana foi construída com a abordagem de evitar esses problemas

Curiosamente, a Solana publicou uma conferência do seu CEO, Anatoly Yakovenko, onde fala sobre ataques e segurança.

O conceito de “Prova de História” seria projetado para evitar problemas como o DDoS da Solana. Isto poderia significar que não falhou, mas precisa de desenvolvimento.

Nº 14. O relógio interno é um pilar para evitar outro DDoS da Solana

Solana trabalha com um relógio universal, que toma o tempo das transações em seu fuso horário, e não a hora local de cada nó.

Isto significa que a rede pode verificar todas as transações por ordem. Por sua vez, o tempo de validação é reduzido e permite que mais operações sejam processadas por segundo.

Nº 15. O crescimento do nó e a adição da solução é contra um DDoS da Solana?

Um dos problemas foi o número de nós em relação ao volume de operações. No entanto, este não é um problema de escalabilidade, mas de crescimento.

À medida que a rede cresce, também cresce o número de validadores. Com a acessibilidade de ser um nó, é apenas uma questão de tempo para a Solana escalar adequadamente.

Nº 16. O DDoS da Solana poderia sugerir um futuro mais positivo do que esperamos

Finalmente, todo o ataque poderia pintar um futuro mais positivo do que esperamos. Não se trata de pensar que a Solana estava vulnerável, mas de quão rapidamente ela se recuperou.

Com o crescimento da comunidade, podemos esperar respostas mais eficazes e maior capacidade de processamento. Isto poderia minimizar o risco de outro DDoS no futuro.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
1795 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story