Dificuldade de Mineração do Bitcoin Diminui Pela Primeira Vez em 2021 Em Meio à Pressão Chinesa Sobre a Mineração Cripto


Dificuldade de Mineração do Bitcoin Diminui Pela Primeira Vez em 2021 Em Meio à Pressão Chinesa Sobre a Mineração Cripto

A dificuldade de mineração do Bitcoin diminuiu em 1,27% para 21,45 T pela primeira vez em 2021 em meio à pressão chinesa sobre as fazendas de mineração de cripto nas regiões da Mongólia interior. A província chinesa emitiu um decreto para desligar todas as operações de mineração e outras atividades industriais de alto consumo de energia na região, pois, falhou em cumprir os objetivos de emissão de carbono definidos pelo governo. A Mongólia interior é considerada a terceira província mais proeminente para mineração de Bitcoin na China.

A diminuição da dificuldade de mineração também vem após quatro incrementos consecutivos e uma flutuação de 1% é considerada normal. Também acredita-se que a competição entre mineradores foi maior em um preço mais baixo do Bitcoin dada a pressão para ter lucros ser grande, por outro lado conforme o preço do Bitcoin chegou em US$58.000 para registrar uma nova alta histórica quase 3x a da alta de 2017, a competição diminuiu com os mineradores tendo lucro com um investimento menor.

Com a pressão chinesa sobre a mineração de Bitcoin, muitos outros países incluindo s EUA, Irã e Cazaquistão estão buscando oferecer um ambiente melhor regulado para a mineração de cripto para atrair o fluxo de saída de mineradores da China para seus respectivos países.

Preço do Bitcoin Consolidando Abaixo de US$50 mil

O preço do Bitcoin está atualmente tentando passar da resistência imediata de US$52.000 tendo gasto a maior parte da semana passada abaixo de US$50 mil. A principal criptomoeda subiu para uma nova alta histórica de US$58.348 no começo de fevereiro e registrou uma correção de preço acentuada de quase 20% logo após, desde então a principal criptomoeda está consolidando abaixo de US$50 mil formando um suporte forte em US$45 mil.

As métricas on-chain parecem bem fortes indicando que a principal criptomoeda está longe de seu topo com os fluxos de saída das exchanges e a acumulação por baleias continuando. As instituições especialmente a MicroStrategy parecem estar em uma missão para comprar quantas quedas de Bitcoin puderem com a gigante de software tendo feito sua quarta compra com dinheiro de seu tesouro no valor de US$10 milhões levando seu investimento de Bitcoin total para US$2,16 bilhões com mais de 91.000 Bitcoins em sua posse.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Guilherme de Faria Martins da Silva
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Publique seu comentário...
Guilherme de Faria Martins da Silva 1570 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Follow Guilherme de Faria @