Samsung e Adidas confirmam entrada para o metaverso e coleção de NFTs

By Paulo José
Published Dezembro 30, 2021 Updated Dezembro 30, 2021

Samsung e Adidas confirmam entrada para o metaverso e coleção de NFTs

By Paulo José
Published Dezembro 30, 2021 Updated Dezembro 30, 2021

O metaverso não é um assunto que interessa apenas ao Facebook, que mudou seu nome recentemente para a meta. Agora, a Adidas e a Samsung são duas empresas interessadas no universo digital.

Segundo comunicado da Samsung, a empresa se prepara para lançar serviços voltados à decoração de espaços digitais, localizados no metaverso. Através de uma parceria com a companhia Naver Z, a Samsung está desenvolvendo o “My House”.

O projeto será apresentado ao público em 2022, durante a próxima Consumer Eletronics Show. Com o “My House”, a Samsung confirma sua entrada no metaverso, e pode explorar uma base de 130 milhões de usuários que fazem parte de um universo digital criado pela Naver Z.

Mas, além da Samsung e do Facebook, metaversos estão chamando a atenção de outras empresas, como a Adidas. A empresa de artigos esportivos lançou uma coleção com mais de 30 mil tokens não fungíveis (NFTs) no mercado, através da coleção “Into the Metaverse”.

Com integração com o metaverso, os NFTs da Adidas foram rapidamente vendidos. No total, 20 mil deles foram disponibilizados apenas para usuários que já possuíam outros tokens.

Além desse lote, mais 10 mil NFTs foram colocados à venda pela Adidas, onde cada usuário poderia comprar até dois tokens cada um. Com um preço de 0,2 Ethereum (ETH), esse lote também foi rapidamente vendido.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Paulo José
353 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.

Loading Next Story