O que são carteiras multiassinatura? Aqui está o que você precisa saber

Por Guilherme de Faria Martins da Silva
Publicados Março 30, 2023 Atualizado Março 30, 2023
By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Março 30, 2023 Updated Março 30, 2023

Em palavras simples, as carteiras Multi-Signature (MultiSig) podem ser consideradas como um cofre com chaves distintas que devem ser usadas em conjunto para abri-lo.

Do ponto de vista da segurança, é fundamental que as criptomoedas sejam armazenadas de uma maneira que evite o risco associado a um único ponto de falha, ou seja, um único ponto vulnerável que possa comprometer toda a carteira.

Exigir apenas uma chave privada para assinar uma transação é um desses pontos vulneráveis. Para resolver esse problema, é aconselhável usar uma carteira que exija mais de uma chave privada para autorização de transação. Em tais carteiras especiais, duas, três ou até mais chaves privadas são necessárias de várias fontes.

Muitas blockchains suportam a criação de endereços de assinatura múltipla, e muitos provedores de carteira e exchanges usam algum tipo de carteira multiassinatura para proteger os ativos de seus clientes.

O que é uma Carteira MultiSig?

As carteiras Multisig são um tipo de carteira cripto que exige o uso de duas ou mais chaves privadas para autorizar transações.

Em termos leigos, considere-as um cofre com chaves distintas que devem ser usadas em conjunto para abri-lo. Isso é feito para aumentar a segurança dos fundos mantidos na carteira, exigindo que várias partes assinem qualquer transação antes de enviá-la.

Como funcionam as carteiras MultiSig?

Uma carteira multisig funciona exigindo várias assinaturas de um conjunto de endereços predeterminados e, se qualquer uma dessas assinaturas estiver faltando, a transação falhará.

As carteiras Multisig são carteiras baseadas em contratos inteligentes, pois são controladas por código e governadas na cadeia por seus proprietários. Devido a isso, as carteiras multisig são consideradas como um tipo de autocustódia “sem sementes”.

Embora existam vários tipos de carteiras multisig, as duas mais comuns são:
1) O primeiro tipo requer que todas as partes assinem uma transação.

2) O segundo tipo precisa de um número específico de participantes do pool geral para assinar uma transação a ser processada, como dois de três ou três de cinco.

Isso implica que, mesmo que uma das chaves esteja comprometida, seus ativos ainda estarão protegidos.

Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
Guilherme de Faria Martins da Silva
3258 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story