O que são Pontes Blockchain? Aqui está tudo o que você precisa saber

.
Por Guilherme de Faria
Publicados março 28, 2023 Atualizado março 28, 2023
By Guilherme de Faria
Published março 28, 2023 Updated março 28, 2023

Vários projetos estão desenvolvendo “pontes” entre redes, permitindo que os aplicativos aproveitem os serviços e pontos fortes uns dos outros.

Apesar do crescente número e escala das redes blockchain,  elas permanecem em grande parte isoladas umas das outras, como ilhas com suas próprias culturas e economias que não podem compartilhar informações ou valor com o mundo externo.

A natureza fragmentada das redes blockchain de hoje contradiz o ideal de descentralização e restabelece a fragmentação da atual web centralizada.

A falta de conexão entre as redes blockchain não apenas dificulta a descentralização, mas também afeta a evolução e a eficácia da tecnologia (colocando restrições à inovação, ao crescimento econômico e ao livre comércio). Em geral, os aplicativos projetados para uma rede operam apenas nessa rede, limitando suas chances de sua adoção generalizada.

É por isso que vários projetos estão abordando essa questão desenvolvendo “pontes” entre redes. Como resultado, as blockchains se tornarão interoperáveis, permitindo que os aplicativos aproveitem os serviços e pontos fortes uns dos outros.

O que são pontes blockchain?

Uma ponte blockchain liga dois ecossistemas blockchain da mesma forma que uma ponte real conecta dois locais físicos. As pontes oferecem conectividade entre blockchains transferindo informações e ativos.

Digamos que você queira mover uma criptomoeda de sua rede nativa para outra rede para fins de utilidade. Uma ponte entre essas duas blockchains tornará essa transação possível. Caso contrário, você terá que vender suas moedas e comprar as outras moedas nativas dessa rede blockchain, ou você terá que trocar as moedas.

Qual é o objetivo das pontes blockchain?

Todas as blockchains crescem em ecossistemas isolados com regras únicas e métodos de consenso. Isso implica que eles não podem se comunicar nativamente, e os tokens não podem se mover livremente entre blockchains.

Pontes existem para vincular blockchains, permitindo que informações e tokens sejam transferidos entre eles.

As pontes permitem:

O movimento inter-cadeia de ativos e informações. DApps para ter acesso aos pontos fortes de outras blockchains, melhorando suas capacidades (já que os protocolos agora têm mais espaço de design para inovação). Os usuários podem obter acesso a novas plataformas e colher os benefícios de várias cadeias. Desenvolvedores de vários ecossistemas de blockchain colaborarão para criar novas plataformas para os usuários.

Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
Guilherme de Faria
3346 Artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story