A Volatilidade do Bitcoin Não Foi Alterada Pelo Hack No Twitter


Fonte - Unsplash

A Volatilidade do Bitcoin Não Foi Alterada Pelo Hack No Twitter

De Elon Musk à Changpeng Zhao muitas contas verificadas no Twitter foram vítimas do recente hack no Twitter. Enquanto os hackers buscavam Bitcoins dos seguidores dessas personalidades, o preço e a volatilidade da moeda rainha permaneceu inalterada.

“Reação Muda” do Bitcoin

O Twitter foi uma das plataformas de mídias sociais mais proeminentes, especialmente para a indústria cripto. No entanto, ontem o Twitter estava sob ataque. Isso afetou ainda as contas de diversas celebridades, políticos e também empresas como Barack Obama, Bill Gates, Elon Musk, Jeff Bezos, Apple e muitos outros. Plataformas proeminentes de cripto como Ripple, Binance, Coinbase também foram vítimas desse hack. Esse hack agitou o criptoverso principalmente devido ao envolvimento do Bitcoin.

Esses hackers tomaram conta das contas dessas personalidades famosas e tweetaram que eles dobrariam o pagamento em Bitcoin que recebessem de seus seguidores. Esse tweet foi ainda concluído com diferentes endereços ou links. Enquanto isso certamente colocou o Bitcoin sob os holofotes, a volatilidade da moeda permaneceu quase inalterada.

A plataforma de analíticas de cripto, Skew revelou que a volatilidade implícita do Bitcoin teve uma “reação muda” ao último hack.

Fonte – Skew

O tweet dizia,

“Não parece haver uma grande preocupação com esse evento inesperado acionando um movimento no preço do Bitcoin.”

O preço do Bitcoin é afetado por diversos fatores. As catástrofes ou qualquer forma de agitação na sociedade definitivamente acionaram o preço do Bitcoin no passado. No entanto, o último hack não parece ter tido um impacto significativo no preço do Bitcoin. O Bitcoin vem tendo mudanças suculentas no preço nas últimas duas semanas com o preço das altcoins em excitação.

No momento em que esse artigo foi escrito, a moeda rainha estava sendo negociada em $9.104 com uma queda de 1,1 porcento nas últimas 24 horas. Diversos na comunidade cripto correlacionaram a queda do preço do Bitcoin ao hack do Twitter.

Fonte – CoinGecko

No entanto, o analista proeminente, Mati Greenspan apontou que o hack não teria um impacto direto on preço da moeda rainha. Ele tweetou,

Além disso, o Twitter revelou que eles estavam retificando a questão. No entanto, certas contas do Twitter não quiseram se arriscas e mudaram para outras plataformas sociais para manter a comunidade cripto atualizada. O CEO da Binance mudou para o Instagram e compartilhou um post sobre o mesmo.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Guilherme de Faria Martins da Silva
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Publique seu comentário...
Guilherme de Faria Martins da Silva 1570 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Follow Guilherme de Faria @