41% dos Brasileiros já Investiram em Alguma Criptomoeda, Aponta Estudo Sobre o Mercado


41% dos Brasileiros já Investiram em Alguma Criptomoeda, Aponta Estudo Sobre o Mercado

  • Estudo aponta que quase metade dos brasileiros já investiram em criptomoedas
  • Cerca de 96% dos entrevistados já ouviram falar sobre esse mercado
  • Número de investidores no Brasil é maior que dos Estados Unidos

Em busca de diversificação de investimentos e de retornos mais atrativos, as criptomoedas estão conquistando os brasileiros. Segundo um levantamento realizado pela empresa de consultoria Grimpa, 41% dos entrevistados afirmaram que já investiram no mercado de Bitcoin.

Ou seja, a pesquisa mostra que cerca de quatro a cada dez brasileiros investiram em criptomoedas recentemente, de acordo com os dados divulgados pelo E-Investidor.

No total, o estudo sobre investimentos ouviu 500 entrevistados com idade acima de 18 anos e que estão espalhados por cidades em todo o Brasil. Além de diversificação de investimentos, a pesquisa perguntou aos investidores se eles conheciam o mercado de criptomoedas.

Brasileiros investem em criptomoedas

Mais de 40% dos brasileiros já investiram em criptomoedas, conforme aponta a pesquisa da consultoria Grimpa, que descobriu também que 96% dos entrevistados já ouviram falar sobre esse mercado.

Enquanto no Brasil o número de investidores de criptomoedas corresponde a 41%, nos Estados Unidos esse índice é de apenas 25%, de acordo com um levantamento realizado pela empresa Pipslay.

Em entrevista ao Estadão, Marisa Camargo, sócia e diretora da Grimpa, garante que o crescimento de investidores no mercado de Bitcoin está atrelado ao “boom” que vivencia o setor nos últimos doze meses.

“Tivemos uma grande surpresa com o percentual de pessoas que efetivamente já haviam investido em criptomoedas. Este comportamento reflete, sem dúvida, o que estamos chamando de grande ‘boom’ da criptomoeda no país.”

Além do Bitcoin

Hoje o mercado de Bitcoin representa um segmento que não se restringe somente às criptomoedas. Com o crescimento de tokens não-fungíveis (NFTs) e de projetos descentralizados (DeFi), existem outros mercados surgindo dentro desse setor tão promissor.

Ripple (XRP), A Comunidade de Negociação no Telegram Encolhe 60% em 2 Anos: Pesquisa

Além de atrair mais investidores de criptomoedas, outros segmentos que surgiram no mercado ganharam força nos últimos 18 meses, como é o caso das obras digitais que são eternizadas em NFTs.

Conforme noticiou o CoinGape, somente no segundo trimestre de 2021 esse mercado movimentou quase R$ 4 bilhões. Além de um expressivo volume de negociação trimestral, o número de usuários que investem em tokens saltou 340% nos últimos doze meses.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Paulo José
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Publique seu comentário...
Paulo José 180 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Follow Paulo @