A Apelação da Bitfinex na Jurisdição de NYAG; A Exchange de Cripto Deve Enfrentar um Processo


A Apelação da Bitfinex na Jurisdição de NYAG; A Exchange de Cripto Deve Enfrentar um Processo

A proeminente exchange de criptomoedas, Bitfinex e a stablecoin Tether tiveram a mudança de jurisdição negada e devem enfrentar um processo em Nova Iorque.

“Traders de Nova Iorque Usaram o Tether’, Argumenta a Corte

Com a popularidade do criptoverso aumentando, o número de plataformas que é parte dele também decola. As controvérsias não ficam atrás. Enquanto algumas são acusadas de realizar golpes, algumas outras são acusadas de manipulação de mercado. A lei não perdoa ninguém, nem mesmo os maiores nomes da indústria.

A exchange proeminente de criptomoedas, Bitfinex, e a maior stablecoin do mundo, a Tether [USDT] têm navegado em águas turbulentas após um indiciamento de manipulação de mercado e fraude. Enquanto ambos denunciaram todas as alegações contra eles, a Procuradora Geral de Nova Iorque Leticia James considerou todas as empresas responsáveis por esconder perdas em fundos empresariais e individuais. No entanto, os réus pediram por uma mudança de jurisdição, pois, as empresas estavam registradas nas Ilhas Virgens Britânicas.

Conforme noticiado pela Bloomberg, a Suprema Corte de Nova Iorque negou a apelação da Bitfinex onde a plataforma de criptomoedas debateu que Nova Iorque não tinha o direito de proceder com o caso. No entanto, a corte decidiu em 10 de junho de 2020, que a exchange teria que encarar a Suprema Corte de Nova Iorque, pois, os traders que haviam usado o Tether [USDT] eram de Nova Iorque. Além disso, muitos dos membros das empreas haviam trabalhado em Nova Iorque.

A Bitfinex sem dúvida alguma foi uma das exchanges mais populares na indústria. A plataforma tem feito diversas atualizações e aquisições para a exchange. A Tether, por outro lado, tem estado nas notícias sobre o seu valor de mercado em trajetória ascendente. Recentemente, a Tether até mesmo superou o criptoativo proeminente, XRP em termos de valor de mercado. Enquanto tanto a Bitfinex, assim como a Tether, vêm vendo atualizações grandes, as últimas notícias recaem sobre as plataformas de cripto em águas turbulentas.

Fonte – CoinGecko

A opinião afirmava,

“A corte rejeitou com razão as tentativas dos réus de limitar a autoridade dos acusantes de proteger os residentes de Nova Iorque.”

Tanto a Tether quanto a Bitfinex denunciaram todas as acusações feitas contra eles anteriormente. No entanto, as plataformas ainda devem comentar sobre o último movimento da Suprema Corte de Nova Iorque.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Guilherme de Faria Martins da Silva
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Publique seu comentário...
Guilherme de Faria Martins da Silva 1558 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Follow Guilherme de Faria @