A Dificuldade de Mineração do Bitcoin Pode Chegar a Sua Alta Histórica Antes do Halving do Bitcoin


A Dificuldade de Mineração do Bitcoin Pode Chegar a Sua Alta Histórica Antes do Halving do Bitcoin

A 19 dias de um muito esperado halving do Bitcoin, observadores estimam que a dificuldade da rede poderia ser ajustada a uma alta histórica a menos de seis semanas após seu algoritmo ter cortado ele em 16%, a terceira maior queda na curta história do Bitcoin.

A Hash Rate Importa

No entanto, isso é sujeito a hash rate.

A hash rate é nada mais do que o poder de computação total permitindo a confirmação da transação e segurança da rede. O Bitcoin, como você pode saber agora, é segurado por diferentes nós espalhados ao redor do mundo.

Por conta da mineração ser um processo que consome muita energia e o custo da eletricidade é caro, a maior parte da hash rate da rede é gerada nas fazendas de mineração de Bitcoin no Norte da China e zonas remotas nos Estados Unidos. Aqui, graças a diferentes incentivos e arranjos com geradores de energia, a mineração pode ser feita com lucro.

A Dificuldade de Mineração do Bitcoin pode subir para uma alta histórica após o Halving

Nos próximos 19 dias, o Bitcoin terá o halving pela terceira vez confirmando que o código do Satoshi funciona como projetado. Então, as recompensas de mineradores por bloco irão à metade de 12,5 BTC para 6,25 BTC.

O movimento irá balançar alguns mineradores afetando dessa forma a hash rate.
N0 entanto, se isso encorajar os mineradores e o oposto acontecer com a hash rate continuar a mesma ou subir, a rede irá ajustar automaticamente sua dificuldade de mineração de tal forma que os blocos serão produzidos a cada 10 minutos ao aumentar drasticamente a dificuldade de mineração.
Dessa forma demandará mais hash rate, mais poder de computação e equipamentos melhores para competir pelos 6,25 BTC do que antes com a competição ficando acirrada.

Desse ângulo, é provável que a dificuldade irá subir a uma alta histórica.

“A dificuldade do Bitcoin poderia chegar a uma nova alta histórica em 2 semanas (6 dias antes do halving) se a hash rate permanecer inalterada.”

A Dificuldade Composta subiu 15%, os Preços Baixos do Petróleo irão impulsionar a Hash Rate?

E há dicas de que isso acontecerá.

Seis semanas após o ajuste de dificuldade, a dificuldade de mineração do Bitcoin subiu 15 porcento após cair impressionantes 16 porcento em 26 de março após o preço do Bitcoin ter ido praticamente à metade em 12-13 de março.

“A hash rate média do Bitcoin volta após duas altas consecutivas na revisão da dificuldade de mineração de 15 dias. A dificuldade subiu 15% compostos após cair 16 porcento em 26 de março. Nenhuma espiral da morte para a hash rate pré-halving afinal de contas – obrigado petróleo barato.”

Os preços baixos do petróleo durante os confinamento do coronavírus podem estimular alguns mineradores agressivos a tentarem com o petróleo pela primeira vez.

Mas essa é só uma preposição e levará tempo e uma abordagem de esperar para ver antes de se concretizar.

Summary
A Dificuldade de Mineração do Bitcoin Pode Chegar a Sua Alta Histórica Antes do Halving do Bitcoin
Article Name
A Dificuldade de Mineração do Bitcoin Pode Chegar a Sua Alta Histórica Antes do Halving do Bitcoin
Description
A 19 dias de um muito esperado halving do Bitcoin, observadores estimam que a dificuldade da rede poderia ser ajustada a uma alta histórica a menos de seis semanas após seu algoritmo ter cortado ele em 16%, a terceira maior queda na curta história do Bitcoin.
Author
Publisher Name
CoinGape
Publisher Logo
Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Guilherme de Faria Martins da Silva
Publique seu comentário...