Diretor de Finanças Corporativas da SEC Pede Melhores Regulamentos Para SPACs Em Meio Ao Aumento de Popularidade


Diretor de Finanças Corporativas da SEC Pede Melhores Regulamentos Para SPACs Em Meio Ao Aumento de Popularidade

John Coates, o diretor em exercício da divisão de Finanças Corporativas da SEC pediu por um escrutínio em torno das Empresas de Aquisição de Propósito Específico (SPAC) que se tornou uma opção de preferência para abertura de capital das empresas. Coates disse,

“O rápido aumento no volume de SPACs representa um mudança significativa e estamos olhando com critério para as divulgações e outras questões estruturais em torno das SPACs,”

A declaração vem em um momento em que as maiores empresas cripto incluindo empresas como a Coinbase e Bakkt optaram por fazer um fusão com uma SPAC para abertura de capital ao invés de uma IPO tradicional. O motivo principal para optar por uma SPAC é a velocidade em relação ao processo tradicional, onde uma abertura por IPO pode levar meses e até anos e envolve um monte de empecilhos regulatórios, a fusão com SPAC é considerada suave e conveniente.

  • Formação da SPAC: Uma SPAC é formada com um investimento de um grupo de patrocinadores formados principalmente por fornecedores de capital de risco e empresas de private equity
  • IPO da SPAC: A formação da empresa de cheque em branco é seguida por uma oferta inicial, mas ao invés da forma tradicional, um ticker é designado para a SPAC e mais tarde é listada nas bolsas. O dinheiro que flui nessa é mantido em uma conta de garantia.
  • Busca de aquisição: A SPAC então começa a buscar por uma empresa privada para uma fusão e tem um período de dois anos, após isso se a SPAC não encontrar qualquer emprea para a fusão, o dinheiro é devolvido para os acionistas. No entanto, hoje em dia, já está decidido antes e assim a finalização se torna mais fácil.
  • Finalizando a aquisição: Após a SPAC finalizar a empresa para a fusão, a maioria dos acionistas deve aprovar a finalização após o que a empresa fundida é listada na bolsa de ações.

15 Meses; 474 SPACs; US$156 bilhões

O pedido por um escrutínio para as SPACs vem em um momento quando está em uma fase onde fundos de US$156 bilhões fluíram nessas empresas nos últimos 15 meses junto com um total de 474 SPACs sendo listadas em diferentes bolsas.

“Uma empresa de aquisição de propósito especial, também conhecida como empresa “cheque em branco” é uma empresa-alvo listada em uma bolsa de valores com o propósito de adquirir uma empresa privada, tornando-a, dessa forma, de capital aberto sem ter que passar pelo processo tradicional de oferta pública inicial.”

A popularidade crescente dessas empresas cheque em branco se tornará uma dor de cabeça para os reguladores se não forem monitoradas.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Guilherme de Faria Martins da Silva
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Publique seu comentário...
Guilherme de Faria Martins da Silva 1573 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Follow Guilherme de Faria @