Depois do Twitter e instagram, a Web 3.0 é atormentada por bots?

Por Guilherme de Faria Martins da Silva
Publicados Agosto 31, 2022 Atualizado Agosto 31, 2022
By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Agosto 31, 2022 Updated Agosto 31, 2022

Twitter e Instagram não são as únicas empresas atormentadas por bots. Um relatório destaca que 40% da atividade em plataformas cripto é derivada de bots. O relatório analisou mais de 60 plataformas e jogos e encontrou mais de 200.000 bots cripto.

 

Jigger, uma empresa de criptomoedas que lida com bots em jogos da Web 3.0, realizou a análise.

 

Web 3.0 atormentada por bots cripto

 

Levan Kverkveila, co-fundador da Jigger, revela como a análise do relatório foi realizada. Jigger detecta bots e várias contas vinculando carteiras pertencentes à mesma pessoa. Um algoritmo específico e uma tecnologia de gráficos ajudam a vincular as carteiras.

 

Kverkveila destacou o jogo Tiny World. Ele diz que Tiny World é um jogo top 3 na cadeia BNB. A análise gráfica do jogo mostra que 80% de seus usuários são bots. Ele também revela que os serviços pagos também têm bots.

 

Levan também revelou outras plataformas que têm problemas com bots. Mobox, uma das plataformas top-2 gamefi da Binance tem mais de 55% de bots. Biswap DEX, uma exchange de criptomoedas, tem 13.000 bots devido a um serviço de indicação.

 

Leaven revela seu processo para analisar se é um bot de criptomoeda ou não. Os usuários têm que enviar uma selfie para provar que são usuários únicos.

 

De acordo com o relatório, os jogos e plataformas da Binance Chain parecem ser os mais afetados pelos bots.

 

Ariva digital, uma plataforma cripto construída para viagens e turismo parece ter 87% de bots.

 

Em resposta a uma pergunta sobre o aprendizado profundo (deep learning) ser capaz de gerar rostos únicos, Levan revelou que seu algoritmo foi capaz de detectar imagens desenvolvidas pelo aprendizado profundo.

 

Depois de hacks, Web 3 terá um problema com bots

 

Um dos maiores problemas enfrentados pelas plataformas Web 3 é o hacking. Phishing e atividades maliciosas têm atormentado exchanges e pontes. Se as plataformas Web 3.0 enfrentarem um problema de bot, será um duro golpe para a legitimidade das plataformas blockchain. Segurança é um dos maiores pontos de venda da blockchain.

Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
Guilherme de Faria Martins da Silva
3332 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story