EUA desvendam um dos maiores roubos cripto, prende casal por lavagem de 4,5 bilhões de dólares em Bitcoin

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Fevereiro 9, 2022 Updated Fevereiro 9, 2022

EUA desvendam um dos maiores roubos cripto, prende casal por lavagem de 4,5 bilhões de dólares em Bitcoin

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Fevereiro 9, 2022 Updated Fevereiro 9, 2022

O Departamento de Justiça dos EUA desvendou um dos maiores roubos de criptomoedas no valor de uns impressionantes 3,6 bilhões em bitcoin, vinculado ao hack de 2016 da exchange de moedas digitais Bitfinex. Além disso, o Departamento de Justiça prendeu uma equipe de marido e mulher sobre as acusações de lavagem de dinheiro. Ilya Lichtenstein “Dutch”, 34, e sua esposa, Heather Morgan, 31, residentes de Nova Iorque, foram presos em Manhattan na manhã de terça-feira. O casal gastou a riqueza obtida ilegalmente em uma variedade de luxos que vão desde ouro e tokens não fungíveis a um cartão de oferta Walmart de 500 dólares, disseram os promotores.

 

O casal teve uma presença muito ativa nas redes sociais com Morgan, conhecida como vocalista de rap “Razzlekhan”, um pseudônimo que disse no seu site, referido a Genghis Khan “mas com mais pizzazz.”

 

No que seria uma das apreensões mais significativas do Departamento de Justiça, é também um testemunho de que as criptomoedas já não podem mais ser usadas como refúgio por criminosos.

Leia mais: CBDC da China: PBOC deve continuar o desenvolvimento d0 Yuan Digital apesar do golpe com CBDC

Casal deve enfrentar acusações graves

 

O casal enfrentará acusações graves, incluindo conspirar para cometer lavagem de dinheiro e defraudar os Estados Unidos. O caso foi apresentado em um tribunal federal em Washington, D.C., após sua aparição no tribunal, o casal foi teve fianças estipuladas de 5 milhões de dólares para Lichtenstein e de 3 milhões de dólares para Morgan.

 

O tribunal também exigiu que os seus pais colocassem suas casas como segurança para o seu regresso ao tribunal.
A dupla é acusada de conspirar para lavar 119.754 bitcoins roubados depois que um hacker entrou na Bitfinex e iniciou mais de 2.000 transações não autorizadas. O valor total do BTC nessa altura era de 71 milhões de dólares. Hoje, diz-se que o seu valor está no valor de 4,5 bilhões de dólares.

Leia mais: Day trader promete 400% de lucro com criptomoedas e aplica golpe na própria esposa

Dark Web também envolvida

 

Os detetives do departamento da justiça começaram seu primeiro indício do roubo de 2017 de um mercado digital oculto usado para lavar uma parcela dos fundos. Uma parte do dinheiro foi transferida para AlphaBay, uma versão de qualquer coisa vai do eBay hospedado na dark web.

 

De acordo com a companhia de controle de moeda digital Elliptic, quando o local foi site foi derrubado, permitiu que as autoridades acessassem os logs de transação internos da AlphaBay e os conectassem a uma conta de criptomoedas em nome de Lichtenstein.

 

A Bitfinex disse em uma declaração que estava trabalhando com o Departamento de Justiça para “estabelecer nossos direitos a um retorno dos bitcoins roubados”.

Leia mais: A polícia chinesa faz detenções relacionadas com golpes de saída no meio da proibição total de criptos

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
2287 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story