Investidores de risco continuam apostando em criptomoedas

By Paulo José
Published Maio 4, 2022 Updated Maio 4, 2022

Investidores de risco continuam apostando em criptomoedas

By Paulo José
Published Maio 4, 2022 Updated Maio 4, 2022

A desvalorização do bitcoin e das principais criptomoedas do mercado não afastou os investidores considerados de risco. Pelo contrário, houve um aumento desse tipo de investimento no mercado cripto em 2022.

De acordo com um relatório do Pitchbook, a tendência de crescimento de investidores de risco no mercado cripto pode ultrapassar os US$ 28 bilhões de 2021.

Somente nos três primeiros meses de 2022, o mercado cripto atraiu US$ 10 bilhões dos investidores de risco, que não se afastaram mesmo com o bitcoin em queda neste ano.

O relatório compreende investimentos em criptomoedas, metaverso e projetos considerados Web3. Se em 2021 investidores de risco aplicaram US$ 28 bilhões neste setor, tudo indica que esse número continuará a crescer em 2022.

Ciptomoedas atraem investidores de risco

Desde 2019 o mercado cripto tem atraído os investidores de risco, que apostam em projetos disruptivos com grande volatilidade nos preços. Ainda em 2019, esses usuários investiram US$ 3,7 bilhões no setor.

Porém, esse número aumentou em 2020 para US$ 5,5 bilhões, dando um salto incrível para US$ 28 bilhões em 2021. Se seguir os últimos três anos, o mercado cripto continuará recebendo investimentos de investidores de risco, mesmo com o bitcoin em desvalorização no ano.

O amadurecimento da indústria cripto pode estar por trás do investimento de risco. Em 2022, mais de 70 negócios de fusão e aquisição foram fechados no setor, movimentando quase US$ 9 bilhões.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Paulo José
456 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.

Loading Next Story