Maior Empresa de Cashback do Brasil compra Banco Digital de Criptomoedas por R$ 26 Milhões


Imagem Cortesia da PXFuel

Maior Empresa de Cashback do Brasil compra Banco Digital de Criptomoedas por R$ 26 Milhões

  • Méliuz compra Banco Alter por cerca de R$ 26 milhões
  • 100% do banco digital com criptomoedas foi negociado
  • Maior empresa de cashback do país entra no mercado de criptoativos

Agora a Méliuz está mais próxima do mercado de Bitcoin, logo após anunciar a importante aquisição do banco digital de criptomoedas brasileiro Alter. De acordo com o Valor Investe, a empresa pagará pela fintech cerca de R$ 26 milhões.

Considerada a maior empresa de Cashback do Brasil, a Méliuz adquiriu um dos primeiros bancos digitais com integração às criptomoedas do país. Com mais de 110 mil usuários, o Alter teve um faturamento superior a R$ 3 milhões no último ano.

Segundo a negociação entre a Méliuz e o Alter, a venda da fintech repassará 100% do capital social do banco digital com criptomoedas. Além do Alter, a empresa de cupons e cashback planeja lançar um banco completo em 2022.

Alter é vendido por R$ 26 milhões

No total, a Méliuz pagou R$ 25,9 milhões pela aquisição do banco Alter, que foi anunciada nesta sexta-feira (30). Em um documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa de Cashback anuncia formalmente a compra do banco digital.

Assim, no documento a Méliuz defende a compra do Alter como uma estratégia da empresa que pretende absorver o conhecimento dos colaboradores do banco que possui uma conta integrada com criptomoedas.

“Essa aquisição tem como um de seus principais objetivos trazer para o Méliuz um time talentoso de empreendedores e de desenvolvedores, além do conhecimento em um segmento de negócios de alto crescimento que poderá contribuir como uma boa ferramenta de engajamento e atração de novos usuários para a Companhia.”

Embora a compra tenha sido anunciada pela Méliuz recentemente, a conclusão do negócio depende da aprovação dos acionistas da empresa, que lançou um IPO e possui a oferta de ações na bolsa de valores.

Logo após a conclusão da venda do Alter, a Méliuz pretende manter os executivos Thales Henrique do Couto Marques e Vinicius Frias, que conduziam o banco digital com criptomoedas.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Paulo José
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Publique seu comentário...
Paulo José 222 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Follow Paulo @