Principais 15 Exchanges de Cripto Registram Queda de 51% No Volume de Negociação

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Julho 12, 2021 Updated Julho 12, 2021

Principais 15 Exchanges de Cripto Registram Queda de 51% No Volume de Negociação

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Julho 12, 2021 Updated Julho 12, 2021

Os volumes de transações das criptomoedas nas principais exchanges diminuíram mais de 40% em junho, auxiliados pela queda do mercado em maio e pela repressão em curso na China. À medida que a queda do Bitcoin continuou, um volume diário máximo de US$138,23 bi foi negociado em 22 de junho, descendo 42,3% do período intra-mês em maio.

Leia mais: O Principal Parceiro de Pagamentos da Binance na Europa Corta Laços Por Conta de Preocupações Regulatórias

“De acordo com os dados do pesquisador de Londres CryptoCompare, os volumes de negociação à vista caíram para US$2,7 trilhões, com volumes de derivativos caindo para até US$3,2 trilhões (40,7%).”

Em média, uma redução de 51,6% foi registrada nas 15 maiores exchanges de cripto em junho. Isso também foi observado para os futuros do BTCeETH, que apresentaram redução de 31,8% e 29,3%, respectivamente.

“Os ventos contrários continuaram enquanto a China persistiu com a sua repressão sobre a mineração de bitcoin” CryptoCompare, disse. “Como resultado de preços e volatilidade mais baixos, os volumes spot diminuíram.”

Leia mais: A Hashrate de Mineração do Bitcoin (BTC) Mostra um Forte Repique à Medida que O Preço do BTC Parece Solidificar nos US$34 mil

À medida que a repressão rigorosa da China para controlar a criptomoeda começou em maio deste ano, o Bitcoin caiu perto de 35% e a volatilidade no mercado atingiu um novo pico.

“Os juros em aberto agregados caíram pelo segundo mês consecutivo, de uma média semanal de US$27,8 bi em maio para US$16,4 bi em junho (declínio de 40,9%). Isto é adjacente à queda contínua do preço nos mercados de criptomoedas, uma vez que o Bitcoin registrou um declínio de 6,0% durante o mês de junho.”

Em junho, o Bitcoin se recuperou um pouco, mas caiu mais de 6%, o mais baixo desde janeiro. Embora os volumes de transações cripto tendam a aumentar durante as oscilações de volatilidade dos preços, a perda de volumes registrada na Binance em junho atingiu os US$668 bi.

Leia mais: Ripple (XRP) Reagenda Depoimento de Ex-Diretor da SEC Apesar do Pedido de Dispensa da SEC

No entanto, apesar dos controles regulatórios de países de todo o mundo, a Binance ainda mantém a posição de ser a maior exchange de cripto em todo o mundo. Em termos de perda de volume, a Binance foi seguida pela Huobi Global com US$162 bi (40,2%) e OKEx com US$141 bi (41,6% de queda).

A Queda do Mercado de Maio Eliminou Quase um Trilhão de Dólares do Mercado de Cripto

O marcador de cripto registrou a sua maior queda de 2021, em maio, que eliminou quase um trilhão de dólares da capitalização do mercado cripto. A capitalização de mercado permaneceu abaixo dos US$1,5 trilhão desde então, com alguns rompimentos no meio.

O sentimento de mercado também tem sido altista desde a queda de maio, mas a maioria dos analistas de mercado prevê outra etapa da corrida altista.

Leia mais: Previsão do Preço do Bitcoin: BTC Toma a Dianteira, Visa o Alvo em US$40 mil

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
2606 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story