Lucro com NFT: Camisa do Atlético-MG é Oferecida por R$ 16 Mil na Binance Após ser Transformada em Token


Camisa NFT Galo (Reprodução/Binance)

Lucro com NFT: Camisa do Atlético-MG é Oferecida por R$ 16 Mil na Binance Após ser Transformada em Token

  • Clube mineiro cria tokens NFTs e lucra R$ 1,4 milhão com cards
  • Camisas históricas do Atlético-MG são negociadas pela Binance
  • Investidor pede mais de R$ 16 mil em camisa digital do time de futebol

Agora os torcedores do clube de futebol Atlético-MG podem escolher entre dois modelos virtuais de camisas do time, que foram eternizadas em tokens NFTs através da plataforma Binance.

De acordo com o lançamento do token, a segunda camisa do time, lançada na última sexta-feira (9), celebra uma clássica partida de futebol de 1927. No total, foram emitidas 990 unidades do token NFT do clube Atlético-MG, que devem ser negociados por volta de R$ 30.

Além disso, o clube faz parte de um projeto de cards de jogadores em NFTs que já rendeu lucro para o Atlético-MG. Segundo entrevista de Felipe Ribbe ao O Globo, gerente de inovação do time, somente as vendas de cards já renderam aproximadamente R$ 1,4 milhão de lucro.

“(O NFT do Atlético-MG) já está dando lucro. O Atlético teve zero custo, mas já está dando um valor bem considerável.”

Atlético-MG lucra com NFT

Logo após lançar uma coleção exclusiva de cards digitais em NFTs, o clube Atlético-MG preparou duas artes digitais que contam a história do time de futebol mineiro.

Segundo Ribbe, todos os dias serão ofertadas novas unidades da camisa do Atlético-MG de 1927, que foi recriada recentemente. No total, existem quase mil unidades em NFTs da camisa, que é negociada por cerca de R$ 30 na Binance, ou ainda, 6 unidades de BUSD.

“Hoje (9) lançamos a segunda camisa da coleção de camisas históricas do Clube Atlético Mineiro em NFT na Binance. Todos os dias, de segunda a sexta, serão colocados NFTs da versão 2D à venda por 6 BUSD (cerca de R$30,00), até chegarmos a 990 unidades.”

Em busca de celebrar a maior goleada do Atlético-MG contra o Cruzeiro, a camisa de 1927 comemora o jogo entre os dois times de Minas Gerais. Naquele ano, o Galo ganhou de 9 x 2 da Raposa. Dessa forma, aquele jogo ficou conhecido como a maior goleada do Atlético-MG contra o time de futebol do Cruzeiro, até então.

“A vez agora é da camisa de 1927, ano do 9 x 2 sobre o Cruzeiro, a maior goleada da história do clássico.”

Token de R$ 16 mil

No total, o clube Atlético-MG lançou quase 2 mil NFTs de camisas históricas do time de futebol mineiro. Antes do segundo lote de camisas liberado recentemente, uma primeira rodada de oferta de tokens negociou 990 unidades de um NFT que homenageou a partida de 1914 do clube.

Conforme disse Felipe Ribbe, rapidamente as camisas foram negociadas através da plataforma NFT da Binance. Agora, alguns usuários ofertam o item com valores que podem ultrapassar a quantia de R $16 mil.

Atlético cria NFT de camisas do time de futebol (Reprodução Binance)

Com uma tiragem limitada a 990 unidades, a camisa do Atlético-MG de 1914, que foi recriada em NFT, é oferecida por um usuário pelo valor de R$ 16.327,88, ou ainda, 10 unidades de Binance Coin (BNB).

De tiragem número 690 dentre as 990 unidades do token emitido, essa camisa é oferecida por um preço bem maior que os demais NFTS que pertencem a mesma tiragem. Em outro anúncio, por exemplo, o mesmo item é oferecido por cerca de R$ 260, e corresponde a segunda camisa emitida em quase mil unidades.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Paulo José
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Publique seu comentário...
Paulo José 217 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Follow Paulo @