A Abkházia está em conversações com a Rússia para fornecer energia para a mineração de Bitcoin (BTC)

Por Guilherme de Faria Martins da Silva
Publicados Julho 24, 2021 Atualizado Julho 24, 2021
By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Julho 24, 2021 Updated Julho 24, 2021

O estado do Cáucaso do Sul, Abkházia, revelou que tem estado em conversações com o governo russo para fornecer energia para o relançamento da mineração de Bitcoin (BTC) no estado. A Ministra da economia e Vice-primeira-Ministra da Abkházia, Christina Ozgan, falou em uma instrução na quarta-feira, sobre a situação no setor de energia, as medidas implementadas pelo governo, as tarifas de eletricidade e a mineração.

Ela anunciou que o governo está em negociações com a Rússia para fornecer eletricidade que facilitaria os mineradores do BTC a se instalarem na região,

“Tal esquema foi elaborado. Tínhamos representantes do lado russo que estudavam o esquema de fornecimento técnico. Neste momento, foi-nos enviado um projeto de acordo, sobre o qual estamos trabalhando”Ozgan, afirmou.

Leia mais: Quanto Tempo Demora Minerar um Bitcoin em 2019?

O Plano de Tarifas de Electricidade

O governo da Abkházia pretende agora legalizar a mineração de cripto no estado, após a primeira extensão da proibição de mineração de 2018, até 2022.

Ozgan compartilhou o cerne da questão da extensão de 2020 sobre a proibição temporária; explicando que a mineração cripto não foi criminalizada, isto é, não foi proibida pela lei, em vez disso, restrições sobre equipamentos foram fixadas. Ela também revelou que o país viu uma importação de 66,000 plataformas de mineração antes da proibição temporária entrar em vigor.

Leia mais: A Mineração de Bitcoin Salva a Mais Antiga Estação Energia Hidrelétrica nos EUA

Em Dezembro de 2020, o Gabinete de Ministros anunciou restrições e prorrogações. No entanto, em 2021, o poder executivo surgiu com uma iniciativa legislativa para reforçar a responsabilidade pelo consumo ilegal de eletricidade na mineração de criptomoedas. Esta iniciativa foi apoiada pelo Parlamento. Para resolver o problema da mineração e da crise energética, o governo agora propôs que os mineiros comecem a pagar a última tarifa de eletricidade para mineração de criptomoedas.

“um determinado plano tarifário será aprovado, o que determinará o prazo para alterar a tarifa em anos dentro de cinco anos. Já estamos fazendo um trabalho preliminar. Existem cálculos preliminares. Primeiro, haverá uma tarifa social, provavelmente em 2022, e depois mudaremos completamente a política tarifária”, disse o Ministro da economia.

Leia mais: Justiça Bloqueia R$ 172 Milhões de Exchanges que Atuam no Brasil Durante Operação Policial

Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
Guilherme de Faria Martins da Silva
3312 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story