Atualização Sobre o Hack da bZx: A Exchange Irá Adicionar o Protocolo Chainlink


Imagem Cortesia de Pixabay

Atualização Sobre o Hack da bZx: A Exchange Irá Adicionar o Protocolo Chainlink

A plataforma de empréstimos descentralizada que foi hackeada bZx anunciou que está se encontrando com a Chainlink. A plataforma tem planos de adicionar o protocolo Oracle da Chainlink ao seu modelo. Isso vem dias após seu protocolo Fulcrum ter sido hackeado e ladrões terem fugido com $645 mil em Ethereum. A exchange diz que após implementar o protocolo Oracle da Chainlink, a exchange voltará a estar online com funcionalidade limitada.

O Hack da bZx Foi Uma Vitória Para a Chainlink

Como observamos, quando o hack foi oficialmente confirmado, o token LINK da Chainlink estava voando alto. O CEO da Chainlink, como observamos, foi rápido em apontar que os produtos de blockchain não devem usar nenhum Oracle como era o caso com a bZx.

Com o hack, foi confirmado que a bZx estava usando apenas um oracle para propósitos de preço. Os hackers foram capazes de manipular os protocolos DeFi da exchange simultaneamente ganhando acesso à $350 mil em ETH. Esse hack, o primeiro hack, permitiu aos hackers fugirem com cerca de $350 mil em ETH.

O Segundo Ataque

Isso permanece incerto. O Cointelegraph noticiou que no dia 18, o CVO da bZx Kyle Kistner disse no grupo do Telegram da bZx que houve um segundo ataque. O último viu os hackers fugirem com quase $636.000 em ETH.

Esse Segundo ataque parece ter forçado a exchange a tomar a decisão de adicionar o protocolo de Oracle da Chainlink. O protocolo da Chainlink adicionará novas camadas de segurança.

A Chainlink está se beneficiando muito conforme sua parceria cresce e surge como um protocolo de oracle preferido para proteção de dados. Seu token LINK que tem sido altista em 2020 estará sendo impulsionado por isso e alcançando novas altas.

A bZx Voltará

Quando o primeiro ataque foi confirmado, a exchange anunciou que compensaria seus usuários. O valor da perda está estimado em 2% de seus ativos totais. A exchange está, portanto, certamente pronta para voltar embora precisará recuperar a confiança do cliente.

A exchange observa de que quando estiver de volta online, realizará funcionalidades limitadas. Isso permitirá seus desenvolvedores testarem primeiro seus protocolos novos e garantir que os ativos do investidor estão à salvo.

O hack da bZx foi uma confirmação de que os hackers e golpistas estão notando o mercado cripto. Assim como em 2017 e 2018, eles farão um retorno com força total. Com sorte, os investidores e exchanges aprenderam com os erros anteriores.

Summary
Atualização Sobre o Hack da bZx: A Exchange Irá Adicionar o Protocolo Chainlink
Article Name
Atualização Sobre o Hack da bZx: A Exchange Irá Adicionar o Protocolo Chainlink
Description
A plataforma de empréstimos descentralizada que foi hackeada bZx anunciou que está se encontrando com a Chainlink. A plataforma tem planos de adicionar o protocolo Oracle da Chainlink ao seu modelo. Isso vem dias após seu protocolo Fulcrum ter sido hackeado e ladrões terem fugido com $645 mil em Ethereum. A exchange diz que após implementar o protocolo Oracle da Chainlink, a exchange voltará a estar online com funcionalidade limitada.
Author
Publisher Name
CoinGape
Publisher Logo
Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Guilherme de Faria Martins da Silva
Publique seu comentário...