Bitcoin (BTC) Salta Outros 4% Com As Baleias Institucionais Comprando Mais


Bitcoin (BTC) Salta Outros 4% Com As Baleias Institucionais Comprando Mais

• Baleias e players institucionais estão fazendo acumulação silenciosa durante a recente consolidação de preço do BTC.
• Grandes negócios no mercado de balcão na Coinbase na semana passada confirmam o interesse institucional.
• Ainda não estamos próximos do FOMO de varejo visto em 2017.

O Bitcoin (BTC) mais uma vez repicou 4% passando dos US$58.000 e está querendo passar da sua resistência de US$59.000. No momento da publicação, o BTC estava sendo negociado com alta de 4,12% em US$58.120 com uma capitalização de mercado de US$1,086 trilhão.

Enquanto o Bitcoin está sendo negociado na mesma desde o mês passado e consolidando em torno de US$55.000, os grandes peixes do mercado têm aproveitado essa oportunidade ao máximo. A provedora de dados on-chain Santiment traz estatísticas interessantes com o comportamento de baleias. Atualmente, há 86 endereços de baleias com mais de 10.000 Bitcoins.

No mês passado, esses endereços de baleias acumularam mais de 120.000 Bitcoins, que é 0,67% da oferta total avaliada em US$6,9 bilhões. A Santiment observa que essa tem sido a acumulação mais sustentada desde junho de 2019.

Fluxos de Saída de Exchange de Bitcoin (BTC) e Negócios no Mercado de Balcão

Com o Bitcoin (BTC) continuando sob pressão em meio ao rali de altcoins, os investidores do varejo têm estado céticos sobre botar seu dinheiro nele. Mas, ao mesmo tempo, os investidores institucionais vêm fazendo grandes apostas no BTC. Na semana passada, houve dois grandes fluxos de saída de Bitcoins de 12 mil cada levando a sinais altistas.

O primeiro fluxo de saída aconteceu no sábado passado em 1 de maio. Outra movimentação de 12 mil Bitcoins da Coinbase foi ontem na sexta-feira 7 de maio de acordo com dados da CryptoQuant. Abaixo está o gráfico do número de transferências de Bitcoin da carteiras OTC.

Outros dados da Glassnode mostram que os “acumuladores que esperam” vêm acumulando desde 2018. Os endereços de Bitcoin que possuem mais de 1 BTC estão perto de 5,25% da oferta circulantes total. No entanto, não há ainda um impulso FOMO como o de 2017.

Todos estão de olho atualmente na aprovação da SEC do primeiro ETF de Bitcoin nos EUA. Assim que acontecer, os reguladores mundo afora abrirão os portões dos produtos de derivativos de Bitcoin levando a fluxos de dinheiro institucionais grandes. A Goldman recentemente começou a oferecer seu produto de derivativo de Bitcoin a investidores de Wall Street.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Guilherme de Faria Martins da Silva
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Publique seu comentário...
Guilherme de Faria Martins da Silva 1569 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Follow Guilherme de Faria @