Brasil tem 180 Dias para Regulamentar Bitcoin, Segundo Projeto de Lei do Alexandre Frota


Brasil tem 180 Dias para Regulamentar Bitcoin, Segundo Projeto de Lei do Alexandre Frota

  • Alexandre Frota quer acelerar processo de regulamentação do Bitcoin no Brasil
  • Deputado Federal pede 180 dias para poder executivo criar lei do BTC
  • Desde 2015 parlamentares discutem sobre o mercado de criptomoedas

Ao mesmo tempo em que El Salvador reconhece o Bitcoin (BTC) como uma moeda legal no país sul-americano, o Brasil se prepara para regulamentar o mercado de criptomoedas.

De acordo com o Projeto de Lei 2140/21, o país tem apenas 180 dias para apresentar uma solução para a regulamentação do Bitcoin. Apresentado pelo parlamentar Alexandre Frota (PSDB-SP), o PL estabelece um prazo para o executivo reconhecer legalmente as criptomoedas no Brasil.

Para Alexandre Frota, a falta de regulamentação desse mercado faz com que investidores sejam lesados por golpes, que utilizam o nome das criptomoedas para enganar pessoas.

Regulamentação de criptomoedas no Brasil

O deputado federal Alexandre Frota pode ser o responsável pela regulamentação das criptomoedas no Brasil. Segundo o PL 2140/21, o Poder Executivo tem apenas seis meses para criar uma lei sobre o Bitcoin.

Ao comentar sobre a falta de regulamentação para o setor no Agência de Notícias da Câmara, Alexandre Frota explica que os bancos são regulados, o que coíbe a prática de fraudes financeiras com a promessa de retornos duvidosos.

“Tanto quanto os bancos privados e públicos, é preciso haver uma normatização e fiscalização rigorosa para que a população não venha a ser enganada com promessas de altos lucros individuais, o que já tem ocorrido sobremaneira.”

Bitcoin pode ganhar lei?

A proposta de lei apresentada por Alexandre Frota deve percorrer um caminho de aprovações até ser sancionada pelo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Até então, o PL 2140/21 está sendo discutido nas comissões de Constituição e Justiça e de Cidadania e a de Finanças e Tributação.

Após ser analisada pelas comissões, a proposta de lei pode ser então votada na Câmara dos Deputados. Depois disso, o PL 2140/21 pode ser encaminhado para uma votação entre senadores, e se aprovado, segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

Antes do PL 2140/21, uma comissão especial discute sobre a regulamentação das criptomoedas desde 2015, através do PL 2303/15, que visa regulamentar o mercado de criptomoedas no Brasil.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Paulo José
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Publique seu comentário...
Paulo José 187 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Follow Paulo @