Brasileiros declaram R$ 200 milhões em criptomoedas para a Receita Federal

By Paulo José
Published Fevereiro 12, 2022 Updated Fevereiro 12, 2022
cryptocurrency
Source: Shutterstock

Brasileiros declaram R$ 200 milhões em criptomoedas para a Receita Federal

By Paulo José
Published Fevereiro 12, 2022 Updated Fevereiro 12, 2022

Além de viver recordes históricos em bitcoin em 2021, o balanço fiscal do último ano divulgado pela Receita Federal mostra que os brasileiros estão negociando mais criptomoedas.

De acordo com o fisco, mais de R$ 200 milhões em criptomoedas foram declarados por brasileiros no ano passado. Sendo que o valor declarado em 2021 representa um grande crescimento em relação a 2020.

Há dois anos, mais de R$ 91 milhões em criptomoedas foram declarados por brasileiros. Enquanto isso, em 2021 esse valor saltou para mais de R$ 200 milhões, ou seja, um crescimento de quase 120% no ano.

Os dados mostram que maio de 2021 foi o mês com mais declarações com criptomoedas. Naquele período, cerca de R$ 25 milhões foram declarados por brasileiros.

Por outro lado, setembro de 2021 foi o mês com o menor volume de criptomoedas declarado. No total, os usuários declararam R$ 12,1 milhões ao fisco. A pesquisa ainda traz dados sobre a participação de homens e mulheres no mercado cripto do Brasil.

Embora ainda exista uma grande disparidade entre investidores do sexo masculino e femino, comparando 2020 e 2021 houve um crescimento do número de transações operadas por mulheres. Em 2020, a média de transações executadas por mulheres foi de 11,4%, sendo que em 2021 esse índice subiu para 13,4%.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Paulo José
426 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.

Loading Next Story