China e Hong Kong Reprimem As Cripto com Mercados no Vermelho

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Novembro 3, 2020 Updated Novembro 3, 2020

China e Hong Kong Reprimem As Cripto com Mercados no Vermelho

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Novembro 3, 2020 Updated Novembro 3, 2020

Os reguladores em Hong Kong afirmaram que todas as exchanges e empresas de cripto precisam ser reguladas independemente se estão vendendo ativos ou não. A China também está pegando pesado com as cripto com o teste de sua CBDC indo em frente.

De acordo com a Reuters, a Comissão de Ativos e Futuros (SFC) havia colocado anteriormente uma estrutura regulatória “opt in” para as plataformas de negociação de criptomoedas. Isso tornou a região uma opção atrativa para empresas querendo se mudar de lugares restritos na China.

O CEO da SFC Ashley Alder afirmou que a estrutura anterior tornou possível para algumas plataformas de negociação operar fora do radar regulatório, de acordo com o relatório. Sob as regulações propostas em Hong Kong, as exchanges de Bitcoin e de cripto precisarão de uma licença e não poderão mais vender ativos digitais para seus clientes.

A China Está Apertando o Cerco de Novo?

A China tem um alcance cada vez maior sobre Hong Kong, muito para o desgosto da maior parte dos residentes da cidade e parece que está se infiltrando nas regulações de cripto lá e no continente.

De acordo com LongHash, a mídia oficial na China noticiou que vender ativos cripto que tenham sido comprados com moeda local para sacar moeda estrangeira seria considerado lavagem de dinheiro.

O sócio da Spartan Black Group Kelvin Koh sugeriu que o regime quer abrir o caminho para sua própria moeda digital de banco central e não tolerará nenhuma outra;

“O timing do aperto da China nas OTCs e exchanges não é coincidência. O governo da RPC está enviando uma forte mensagem sobre sua postura com as criptomoedas que não forem a DCEP.”

Falando no evento Hong Kong Fintech Week na segunda-feira, o governador do Banco Popular da China, Yi Gang, disse que o teste da DCEP vem ocorrendo de forma suave em quatro cidades da China, com 4 milhões de transações conduzidas envolvendo 2 bilhões de Yuan (cerca de US$300 milhões).

O FUD emanando do Extremo Oriente não é novidade e normalmente coincide com mercados cripto altistas. O fundador do Ethhub Anthony Sassano viu a ironia da situação;

A Correção do Mercado Cripto Se Aprofunda

Nas últimas 24 horas, cercade de US$15 bilhões foram despejados de mercados de ativos digitais com a liquidação acelerando. O valor total de mercado caiu de novo abaixo dos US$400 bilhões e está atualmente em US$394 bilhões de acordo com a Coingecko.

O Bitcoin está fazendo um recuo dos US$14 mil e as altcoins estão sangrando como ocorre normalmente, especialmente às relacionadas à DeFi, caindo dois dígitos nos últimos dias. O FUD da China tem seu efeito, mas para ser justo, uma correção do mercado estava atrasada, especialmente para o BTC.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
2445 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story