Depois da Igreja Universal, Traficantes Podem ter Investido em Bitcoin Através da GAS Consultoria

By Paulo José
Published Setembro 27, 2021 Updated Setembro 27, 2021
Crypto Scams

Depois da Igreja Universal, Traficantes Podem ter Investido em Bitcoin Através da GAS Consultoria

By Paulo José
Published Setembro 27, 2021 Updated Setembro 27, 2021

Ainda continua as investigações sobre os negócios da GAS Consultoria. A empresa, que prometia lucro de 10% através de supostos investimentos em Bitcoin (BTC), pode ter lavado dinheiro do tráfico.

De acordo com a Polícia Federal, a empresa de criptomoedas recebeu dois depósitos suspeitos que totalizam R$ 1,7 milhão. O dinheiro, depositado em conta bancária, foi enviado por dois moradores que vivem em uma comunidade em Cabo Frio, no Rio de Janeiro.

Além do depósito suspeito de R$ 1,7 milhão, a GAS Consultoria enviou pagamentos para a Igreja Universal do Reino de Deus. Conforme noticiou o Coingape, a instituição religiosa recebeu R$ 72 milhões da empresa investigada como sendo uma pirâmide financeira.

Dinheiro do tráfico para investir em Bitcoin

Depois que o líder da GAS Consultoria foi preso durante a Operação Kryptos, a empresa está sendo investigada pelas autoridades. Entre as centenas de movimentações bancárias do negócio, a polícia aponta que dinheiro do tráfico pode ter sido enviado para o esquema que investia em Bitcoin.

Assim, conforme apontam as investigações sobre o caso, dois depósitos foram recebidos pela GAS Consultoria de moradores da comunidade do Lixo. No total, os depósitos movimentaram R$ 1,7 milhão em dinheiro.

O primeiro depósito recebido pela empresa corresponde a R$ 900 mil, enquanto que o segundo envio totalizou R$ 800 mil transferidos em dinheiro para a GAS Consultoria.

De acordo com as autoridades, esses depósitos aconteceram no dia 30 de junho. A investigação sobre o caso suspeita que o dinheiro seja proveniente da lavagem de dinheiro do tráfico, uma vez que os depositantes não possuem renda e ou ocupação laboral.

Igreja Universal recebeu R$ 72 milhões

A Polícia Federal desarticulou o negócio da GAS Consultoria que pode ter movimentado mais de R$ 38 bilhões. Com a promessa de lucro fácil, a empresa dizia que investia em Bitcoin e conseguia obter um lucro mensal de 10%.

Além do dinheiro recebido supostamente do tráfico de drogas, a GAS Consultoria teve envolvimento com ex-líderes da Igreja Universal do Reino de Deus. Em apenas dois anos, as autoridades descobriram que a instituição recebeu R$ 72 milhões do negócio investigado.

Preso desde o dia 24 de agosto de 2021, Glaidson dos Santos é apontado como o líder da GAS Consultoria. Através dele, a Igreja Universal recebeu quase R$ 13 milhões, divididos entre pagamentos com cartões de crédito e depósitos em dinheiro.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Paulo José
290 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.

Loading Next Story