Em nome do Bitcoin: Igreja Universal Recebeu R$ 72 Milhões de Esquema de Ex-Garçom Preso


Em nome do Bitcoin: Igreja Universal Recebeu R$ 72 Milhões de Esquema de Ex-Garçom Preso

  • Igreja Universal aparece como um dos principais beneficiários da GAS Consultoria
  • Além da empresa, Glaidson enviou R$ 13 milhões para a Iurd
  • Mais de R$ 72 milhões foram enviados em menos de dois anos

De acordo com o desdobramento das investigações da Operação Kryptos, a Igreja Universal do Reino de Deus recebeu mais de R$ 72 milhões da empresa Gas Consultoria e do ex-garçom Glaidson Acácio dos Santos, diz o Extra.

Preso desde a última quarta-feira (24), o líder da Gas Consultoria é apontado como o principal responsável pelo negócio que prometia lucro de 10% ao mês para investidores.

Supostamente investindo em Bitcoin (BTC), Glaidson manteve um negócio que movimentou R$ 38 bilhões. Dentre os principais beneficiados com depósitos em dinheiro está a igreja Universal, que teria recebido doações em nome do ex-garçom e da empresa investigada como pirâmide financeira.

Igreja Universal recebeu doações

A investigação sobre o caso envolvendo a GAS Consultoria identificou 27 destinatários de recursos do negócio que receberam R$ 2,3 bilhões em depósitos de dinheiro.

O repasse de valores aconteceu entre 2018 e 2020, e a igreja Universal do Rei do Deus figura entre os principais destinatários do dinheiro da Gas Consultoria. Conforme apurou o Extra, a instituição religiosa recebeu R$ 72,3 milhões do negócio que prometia lucro fácil investindo em Bitcoin.

A investigação sobre a GAS Consultoria mostra que a igreja recebeu diversos depósitos entre 4 de maio de 2020 e julho de 2021. Do valor total recebido, R$ 59,4 milhões foram enviados pela própria GAS Consultoria à Igreja Universal.

Enquanto isso, Glaidson dos Santos foi responsável por ter repassado quase R$ 13 milhões para a instituição religiosa, através de depósitos e uso de cartões de crédito.

Glaidson foi detido durante Operação Kryptos (Reprodução/Facebook)

Instituição investigava repasses

Antes mesmo da Operação Kryptos ser deflagrada, a Igreja Universal do Reino de Deus apresentou uma ação judicial com provas sobre os valores recebidos da GAS Consultoria.

Preocupada com os mais de R$ 72 milhões recebidos do esquema, na ação judicial a instituição religiosa diz que Glaidson participou de um treinamento para ser pastor em 2003, mas não seguiu prestando serviços para o Iurd.

Enquanto isso, o endereço da GAS Consultoria era registrado no mesmo local que existia uma empresa controlada por um ex-pastor da Igreja Universal, que está entre os principais beneficiários do negócio com Bitcoins, que movimentou R$ 38 bilhões e pode ter enganado quase dez mil pessoas.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Paulo José
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Publique seu comentário...
Paulo José 182 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Follow Paulo @