Deutsche Börse e Commerzbank Investem Juntamente para Construir um MarketPlace Tokenizado de Imóveis e arte NFT

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Abril 30, 2021 Updated Abril 30, 2021

Deutsche Börse e Commerzbank Investem Juntamente para Construir um MarketPlace Tokenizado de Imóveis e arte NFT

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Abril 30, 2021 Updated Abril 30, 2021

O Deutsche Börse e o Commerzbank em uma joint venture investiram na 360x, uma empresa fintech para desenvolver um novo marketplace descentralizado para imóveis tokenizados e para a venda de arte NFT. O investimento da operadora da bolsa de valores alemã vem em um momento quando o frenesi de NFT está em um pico e muitos artistas e celebridades fizeram uma fortuna vendendo suas artes na forma de um NFT. O mais notável sendo a arte digital da Beeple sendo vendida por mais de US$69 milhões.

A fintech parceira 360x focaria no suporte à arte e aos imóveis nos estágios iniciais e espera-se que adicione mais domínios com a plataforma crescendo mais. A primeira transação na plataforma é esperada para ter início no final desse ano. O Deutsche Börse comprou uma fatia de 50% na empresa fintech por €10 milhões enquanto o Commerzbank detém uma fatia bem menor.

Theodor Weimer, CEO do Deutsche Börse AG, disse,

“Estou convencido de que o Deutsche Börse precisa se aventurar em uma nova classe de ativos, no future, veremos uma tokenização e digitalização mais ampla de ativos que agora são negociáveis. A 360X é a nova plataforma de inovação para criação de marketplace em série que estamos construindo com nossos parceiros.”

Deutsche Borse e Commerzbank Começaram a Experimentar com a Blockchain em 2019

O último investimento do Deutsche Borse e do Commerzbank no desenvolvimento de um marketplace descentralizado não será a sua primeira aventura com as duas empresas tendo experimentado em conjunto com a tecnologia blockchain desde 2019. A empresa executou uma transação em conjunto usando tecnologia de ledger distribuída há alguns anos atrás.

O crescente interesse de gigantes financeiras mainstream na tecnologia blockchain também pode ser atribuída à postura progressista do órgão regulador BaFin. O regulador alemão como muitos de seus equivalentes europeus está trabalhando para uma moeda nativa soberana e recentemente convidou bancos e outras startups financeiras para obterem uma licença de custódia para manter criptomoedas.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
2796 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story