Empresa de Saúde Deve Aceitar Pagamentos em Bitcoin para Testagem Rápida de COVID-19


Empresa de Saúde Deve Aceitar Pagamentos em Bitcoin para Testagem Rápida de COVID-19

• Progressive Care, uma empresa de saúde aceitará Bitcoin como pagamento para testagem rápida para COVID-19.
• A decisão foi tomada para facilitar o processo de pagamento para turistas estrangeiros.

A Progressive Care, uma empresa de tecnologia de saúde anunciou hoje que começará a aceitar Bitcoin como pagamento para testes rápidos de COVID-19 em todos os seus locais PharmcoRX. Alan Jay Weisberg, o CEO da empresa disse que a decisão foi tomada com as necessidades dos turistas estrangeiros que chegam ao país em mente, como uso de dinheiro diminuindo. Ele explicou,

“Essa é uma alternativa excelente para turistas depois da pandemia vindo para nossas comunidades. Isso também permite que eles tenham uma alternativa de sistemas de pagamento para conseguir os serviços de testagem que precisam enquanto tentamos manter um escudo contra uma reaparição desse vírus terrível.”

Ele acrescentou,

“A Pharmacol testou mais de 10.000 pessoas para a COVID-19 até agora, gerando mais de um milhão de dólares em receitas. Estamos felizes de convidar detentores de Bitcoin para nossos locais para todas as suas necessidades de testagem para COVID-19.”

A decisão também foi influenciada pela conferência de Bitcoin em Miami com mais de 50.000 pessoas podendo aparecer. Com os turistas precisando oferecer um certificado obrigatório de negativo para COVID-19, a iniciativa da Progressive Care pode vir ao auxílio de muitos. A empresa também emitiu um código QR para turistas personalizarem o processo de pagamento e tornar mais fácil para que eles consigam os certificados de COVID.

A PharmcoRX também estava entres as primeiras empresas de farma a aceitar pagamentos cripto em 2018 e continua a oferecer a opção de pagamento cripto alternativa para diversos serviços da pandemia.

A Adoção do Bitcoin Continua a Crescer Apesar de Diversos FUDs

O mercado cripto ainda está se recuperando da correção do mês passado que apagou US$500 bilhões dos mercados de US$2 trilhões e apesar do crescente número de FUDs incluindo especulações sobre a Tesla despejar seus US$1,5 bilhão em Bitcoin por conta do ataque da China contra a mineração de criptos, o Bitcoin continuou a crescer em termos de adoção.

O preço da principal criptomoeda está atualmente sendo negociado em US$36.697 deslizando abaixo dos US$38 mil falhando em passar dos US$40 mil. A recente queda de preço está atribuída ao tweet assustador de Elon Musk sugerindo uma possível ruptura com o Bitcoin.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Guilherme de Faria Martins da Silva
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Publique seu comentário...
Guilherme de Faria Martins da Silva 1566 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Follow Guilherme de Faria @