Fundo de crédito com lastro em bitcoin é lançado no Brasil

By Paulo José
Published Junho 1, 2022 Updated Junho 1, 2022
crypto loan

Fundo de crédito com lastro em bitcoin é lançado no Brasil

By Paulo José
Published Junho 1, 2022 Updated Junho 1, 2022

O primeiro fundo de crédito com lastro em bitcoin do Brasil foi lançado oficialmente no mercado. Desenvolvido pela QR Capital, o QR Rispar Crédito Cripto I funciona através da oferta de crédito da Rispar.

O fundo é classificado como um FIDC, e basicamente funciona como detentor de direitos creditórios da Rispar, mediante a compra de Cédulas de Crédito Bancário (CCBs).

A novidade foi anunciada nesta terça-feira (31) pela QR Capital no Twitter. Nesta mesma data, o fundo começa a operar no mercado financeiro, e pode captar até R$ 100 milhões em investimentos.

A QR Capital disse que o fundo é voltado para investidores profissionais, sendo que serão aceitos investimentos a partir de R$ 1.000. No total, a taxa de administração será de apenas 1,15%.

“O fundo, que espera captar R$100 milhões, inicia suas operações nesta terça. Sendo voltado para investidores profissionais, o FIDC lastreado em bitcoin tem taxa de administração de 1,15% e investimento mínimo de R$1.000.”

O lançamento é resultado da ampliação da atividade da Rsipar, que pretende expandir sua atividade no mercado cripto. Fundada em 2020, a empresa é conhecida por emprestar dinheiro com garantia em bitcoin.

“Ao oferecer créditos em reais com garantia em bitcoin, a fintech permite que detentores do criptoativo façam empréstimos rápidos, em até 2 dias úteis, e com taxas bastante competitivas. Na prática, é uma forma dos Hodlers não precisarem vender seus bitcoins.”

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Paulo José
456 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.

Loading Next Story