Fundos com Criptomoedas Atingem R$ 2,7 bilhões após crescimento de 100% em 2021

By Paulo José
Published Setembro 28, 2021 Updated Setembro 28, 2021

Fundos com Criptomoedas Atingem R$ 2,7 bilhões após crescimento de 100% em 2021

By Paulo José
Published Setembro 28, 2021 Updated Setembro 28, 2021
  • Fundos de investimentos com criptomoedas crescem mais de 100%
  • Quase R$ 2,7 bilhões estão investidos em ativos que representam criptoativos
  • Investidor qualificado é maioria entre os aportes dos fundos

Depois de três anos de regulação no mercado financeiro tradicional, agora existem quase 20 fundos com criptomoedas no Brasil. Com a expansão desse tipo de fundo, até setembro de 2021 foram alocados quase R$ 2,7 bilhões em criptomoedas através de custódia de ativos digitais.

Antes disso, existiam apenas nove fundos com criptomoedas no mercado brasileiro, ainda em 2020. Mas, com a expansão nos últimos doze meses do mercado de criptoativos, esse tipo de fundo aumentou o volume sob custódia em quase 1.200%.

No total, investidores alocaram R$ 2,667 bilhões em fundos com criptoativos nos últimos doze meses. Em uma comparação com 2020, esse número aumentou cerca de 1.200%, já que até o ano passado existiam pouco mais de R$ 230 milhões foram alocados nesses fundos.

Quase 20 fundos com criptoativos

O mercado financeiro tradicional do Brasil absorveu as criptomoedas em forma de fundos de investimentos regulados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Desde 2017, a exposição a investimentos em criptomoedas alcançou outro patamar no Brasil.

Do primeiro fundo misto com criptomoedas até o lançamento de ETFs de Bitcoin, o mercado vivenciou uma verdadeira revolução. Agora existem quase 20 fundos com criptoativos no mercado.

No total, existem 184,76 mil cotistas que investem em criptoativos através de fundos. Antes de alcançar este número em 2021, até 2020 existiam apenas 14,3 mil cotistas.

Investidor qualificado domina custódia

Existem três tipos de investidores de fundos com criptoativos no Brasil. De acordo com levantamento do Valor Investe, os investidores conhecidos como classificados como qualificados representam a maior parte do volume custodiado.

Ou seja, usuários conhecidos por possuírem uma carteira com mais de R$ 1 milhão investidos nos fundos com criptomoedas somam US$ 1,67 bilhão do total aportado no mercado.

Profunds Lança o Primeiro Fundo Mútuo de Bitcoin Disponível Publicamente nos EUA

Enquanto isso, os investidores de varejo são o segundo grupo que mais investe em criptoativos através de fundos. Nesse caso, eles representam um aporte de R$ 567 milhões.

Por fim, os investidores profissionais representam o grupo que possui a menor parcela de investimento em criptomoedas. No total, os investidores classificados como profissionais estão com R$ 430,9 milhões alocados em fundos de investimentos.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Paulo José
426 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.

Loading Next Story