Gana propõe carteira de Hardware para apoiar a Nova Moeda Digital

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Março 17, 2022 Updated Março 17, 2022

Gana propõe carteira de Hardware para apoiar a Nova Moeda Digital

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Março 17, 2022 Updated Março 17, 2022

O Banco Central de Gana afirmou que a inclusão seria um fator importante para sua próxima moeda digital, o eCedi, e tentará trazer a moeda aos cidadãos sem uma conta bancária, ou mesmo acesso à Internet. Em um documento de projeto lançado na terça-feira, o banco propôs o uso de carteiras de hardware e outros dispositivos para uso com o eCedi.

 

O banco central de Gana delineou os principais aspectos dos seus planos para uma moeda digital de banco central (CBDC) de varejo baseada em token. Prevê-se que a integração dos pagamentos digitais ajude a formalizar a economia africana, afirmou o banco.  Nesta medida, tornará a adoção do sistema eCedi a mais perfeita possível.

Leia mais: CBDC da China: PBOC deve continuar o desenvolvimento d0 Yuan Digital apesar do golpe com CBDC

Banco central de Gana visa carteira de hardware, smart cards

 

O banco central propôs a emissão de dispositivos de carteira offline, ou mesmo de cartões inteligentes para trazer indivíduos fora do sistema bancário ao abrigo do sistema eCedi. De acordo com dados da Statista, cerca de 43% da população de Gana ainda não tem acesso a uma conta bancária.

 

Os planos para uma carteira offline também incluem a funcionalidade offline do eCedi, que se destina a áreas rurais com acesso limitado à Internet. De acordo com um estudo realizado em 2019 pelo Banco Mundial, 53% dos ganeses utilizavam a Internet. O banco central propôs dispositivos de carteira offline, cartões inteligentes e até mesmo pulseiras inteligentes para facilitar transações offline ponto a ponto.

 

Mas o banco não delineou a forma como isto seria alcançado.

 

O banco disse que um smartphone com um aplicativo bancário seria a maneira ideal de usar o eCedi. Os pagamentos móveis e baseados em cartão são os métodos mais comuns de transacionar no país, e o eCedi complementará as redes de pagamentos digitais existentes. De acordo com o banco central, o valor total das transações de moeda móvel aumentou 82% entre 2019 e 2020.

Leia mais: Este membro do Conselho diretivo do SNB diz que os riscos de uma CBDC ultrapassam seus benefícios

O movimento surge num crescente interesse pelas CBDCs

 

Gana tinha revelado planos para o eCedi em 2021, na medida em que procurou a digitalização da sua economia para promover o crescimento e reduzir a corrupção. O sistema está sendo desenvolvido com a empresa alemã de pagamentos Giesecke e Deprient. A iniciativa também vem junto da melhoria do crescimento econômico no maior produtor de ouro da África.

 

Várias economias desenvolvidas e em desenvolvimento anunciaram incursões nas CBDCs, devido ao seu potencial uso em transações locais e internacionais.  De acordo com o Conselho Atlântico, mais de 10 outras nações africanas estão também estudando o desenvolvimento de CBDCs.

 

Os Estados Unidos disseram recentemente que estava estudando o desenvolvimento de um dólar digital, depois de a China ter lançado o seu yuan digitalno início deste ano.

Leia mais: Fed libera o novo whitepaper do dólar digital de CBDC, inicia debate

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
2606 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story