Gestor de Fundo de Hedge Bilionário Stanley Druckenmiller Diz Que é Difícil Tirar do Bitcoin Título de Reserva de Valor


Gestor de Fundo de Hedge Bilionário Stanley Druckenmiller Diz Que é Difícil Tirar do Bitcoin Título de Reserva de Valor

• Bilionário Stanley Druckenmiller disse que seria uma tarefa dantesca tirar o título de reserva de valor do Bitcoin.
• Druckenmiller também acredita que o Dólar dos EUA perderia seu status de moeda de reserva em 15 anos.

Stanley Druckenmiller, o gestor de fundo de hedge bilionário e ex-presidente e presidente da Duquesne Capital em uma entrevista recente com a CNBC disse que seria muito difícil de tirar o título de reserva de valor do Bitcoin com o aumento do Facebook e do Google apesar de não serem as primeiras empresas em seus campos respectivos de rede social e mecanismo de busca respectivamente.

O Bitcoin nessa temporada altista solidificou sua posição como um hedge contra a inflação com muitas empresas da Fortune 500 tendo começado a usar ele como uma forma de reserva de tesouro ao invés do dólar dos EUA. A Tesla e a MicroStrategy que investiram mais no Bitcoin até agora, agora fizeram mais lucro simplesmente por manter a principal criptomoeda em seus balanços do que o lucro que geraram em suas operações normais.

Além das empresas da Fortune 500, muitos gigantes de Wall Street incluindo os antigos críticos ferrenhos como Goldman Sachs e JP Morgan também começaram a oferecer veículos de investimento com base no Bitcoin em meio à crescente demanda dos clientes.

Stanley Druckenmiller: Dólar dos EUA poderia Perder Seu Status de Moeda de Reserva em 15 Anos

Druckenmiller afirmou que o dólar dos EUA poderia perder seu status de moeda de reserva em 15 anos em meio ao desempenho e valor em queda. Ele culpou as políticas falhas do Federal Reserve como uma das principais razões por trás do valor em queda no mercado de comércio internacional. Ele disse,

“5-6 anos atrás eu disse que as cripto eram uma solução em busca de um problema. O problema foi claramente identificado. É Jerome Poweel e o resto dos banqueiros centrais do mundo”

A popularidade do Bitcoin e de outros ativos digitais também foi ajudada pelo valor do dólar que diminui no mercado de comércio internacional. O motivo para muitas empresas de capital aberto investirem no Bitcoin era o mesmo e com os ativos digitais ganhando mais popularidade, o fed exigiria um resultado real para manter o USD relevante. A pandemia apenas acrescentou os benefícios crescentes dos governos ao redor do mundo que levou ao frenesi de impressão para ajudar os cidadãos através de vários pacotes de estímulo.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Guilherme de Faria Martins da Silva
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Publique seu comentário...
Guilherme de Faria Martins da Silva 1578 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.
Follow Guilherme de Faria @