Mais de R$ 1 milhão Arrecadados em Leilão de Bens Vinculados à Suposta Pirâmide Financeira Indeal


Mais de R$ 1 milhão Arrecadados em Leilão de Bens Vinculados à Suposta Pirâmide Financeira Indeal

A Indeal, suposta pirâmide financeira gaúcha desmantelada pela Justiça, teve bens vinculados a seus administradores leiloados, onde foram arrecadados mais de $R 1 milhão de reais através da venda carros de luxo.

Em leilão realizado com bens que pertenciam à suposta pirâmide com Bitcoin e Criptomoedas, que prometia rendimento de até 30% ao mês, a Justiça Federal  Brasileira conseguiu arrecadar mais de R$1 milhão para pagar as vítimas da Indeal, um empresa gaúcha.

O leilão foi feito com com carros de luxo apreendidos pelas autoridades.

Apenas um número de nove carros de luxo dentre 36 disponíveis no leilão, foram efetivamente vendidos e o dinheiro arrecadado para diminuir o prejuízo das vítimas. Os carros foram arrematados  com até 20% de desconto para os compradores que aceitaram negociar os veículos.

Na primeira etapa do leilão, que ocorreu em 1° de abril, apenas uma Mercedes-Benz avaliada em R$220 mil foi arrematada pelo valor de R$224 mil, acima do preço. Já na segunda etapa a venda dos nove carros resultou em R$1,1 milhão arrecadados.

Valores ainda correspondem a menos de 20% dos bens da Indeal a serem leiloados

De acordo com uma avaliação prévia, todos os carros de luxo da Indeal apreendidos, somados, chegam a valer mais de R$6 milhões, e até agora somente 16% deste valor foi recolhido com o leilão até agora. As vítimas esperam que os restantes dos ítens apreendidos seja faturados e os valores ajudem na restituição dos investidores.

Mais de 1 bilhão de reais podem ter circulado no esquema

Após a operação Egypto deflagrada pela Polícia Federal em maio do ano passado para apurar as irregularidades, foi descoberto que a maior parte dos investimentos realizados pelos sócios eram feitos em linhas tradicionais, como renda fixa, que gera cerca de 1% e 2% de lucro mensal.

Dessa forma, como eles poderiam oferecer 30% de lucro ao mês aos clientes?

Segundo as autoridades, a empresa atuava em praticamente todos os estados do país, com exceção de Roraima, e pode ter movido mais de R$1 bilhão, de acordo com a auditoria  prévia da Receita Federal.

Os carros de luxo fazem parte dos itens apreendidos pela polícia, e os compradores devem pagar por eles em até 24 horas. Depois da compra, o novo proprietário terá até 60 dias para receber o automóvel.

Quanto aos clientes, o valor arrecadado ficará depositado em conta judicial até o trânsito em julgado no processo, não podendo ser liberado para o pagamento dos clientes antes disso, o que pode demorar anos com a lentidão da Justiça Brasileira.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Ezequiel Gomes
Ezequiel Gomes é escritor, Youtuber, palestrante, jornalista e entusiasta incondicional da blockchain e da descentralização proporcionada pelas criptomoedas.
Publique seu comentário...
Ezequiel Gomes 140 artigos
Ezequiel Gomes é escritor, Youtuber, palestrante, jornalista e entusiasta incondicional da blockchain e da descentralização proporcionada pelas criptomoedas.
Follow Ezequiel @