Mercado Bitcoin lista cinco novas criptomoedas na plataforma

By Paulo José
Published Janeiro 26, 2022 Updated Janeiro 26, 2022

Mercado Bitcoin lista cinco novas criptomoedas na plataforma

By Paulo José
Published Janeiro 26, 2022 Updated Janeiro 26, 2022

Em busca de ampliar a oferta de criptoativos na plataforma, o Mercado Bitcoin anunciou a listagem de mais cinco moedas digitais na exchange. De acordo com anúncio publicado nesta terça-feira (25), a Request (REQ), a Cartesi (CTSI), a Ethereum Name Service (ENS), a Fetch.ai (FET) e a Immutable X (IMX) já estão disponíveis na corretora.

Considerada uma das maiores exchanges da América Latina, o Mercado Bitcoin amplia sua oferta de criptoativos para mais de 100 projetos listados na plataforma. A listagem foi inaugurada hoje (25), e nas últimas horas foram negociadas mais de 33 mil unidades da Request, por exemplo, que está sendo cotada por volta de R$ 1,50 no mercado cripto.

Enquanto isso, a criptomoedas Ethereum Name Service teve mais de 1.164 unidades negociadas no Mercado Bitcoin. Através do par ENS/BRL, cada unidade da altcoin está sendo negociada por R$ 97 atualmente.

Outra criptomoeda listada pela exchange brasileira nesta terça-feira (25) é a Immutable X. Avaliada em cerca de R$ 13,52, essa altcoin apresentou um volume diário de mais de 6 mil unidades negociadas. Nas últimas 24 horas, o preço da IMX alcançou R$ 28 no Mercado Bitcoin.

Além de criptoativos, recentemente o Mercado Bitcoin lançou um novo lote de tokens de precatórios. Com investimentos a partir de R$ 100, o token representa títulos de precatórios que podem render até 14,5% ao ano.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Paulo José
429 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.

Loading Next Story