Mineradores de Bitcoin Mostram Otimismo com Halving


Com menos de uma semana de distância do Halving do Bitcoin, os mineradores estão no centro das atenções de toda a comunidade entusiasta das criptomoedas. A natureza competitiva de seus negócios e seu papel na manutenção da rede Bitcoin significa que o Halving afeta diretamente suas operações. A exchange OKEx lançou um relatório, afirmando ter procurado os mineradores e pools de Bitcoin para obter suas perspectivas sobre o Halving e suas implicações para todo o ecossistema. Esse relatório foi publicado na última quarta-feira (06).

Fonte da Imagem: Shutterstock

A exchange OKEx lançou um relatório, afirmando ter procurado os mineradores e pools de Bitcoin para obter suas perspectivas sobre o Halving e suas implicações para todo o ecossistema. Esse relatório foi publicado na última quarta-feira (06). Vamos a um resumo das suas descobertas.

O terceiro Halving da história do Bitcoin deve ocorrer por volta de 12 de maio de 2020 e a recompensa do bloco será reduzida de 12,5 para 6,25 BTC (cerca de US $ 57.500 no momento da publicação).

A mineração é um negócio competitivo

Pelas regras do protocolo do Bitcoin, apenas uma entidade de mineração pode reivindicar a recompensa de um bloco. Esse regra cria uma forte concorrência e uma corrida para implantar um hardware progressivamente mais poderoso que o dos concorrentes a fim de ganhar mais recompensas do que eles.

Essa competição forçou a comunidade de mineração a evoluir ao longo dos anos, passando de apoiadores e entusiastas do Bitcoin para grandes empresas e administrando fazendas de mineração com as últimas novidades no sistema de hadware para esse fim.

Novos participantes podem se beneficiar nos próximos quatro anos

O Halving é visto pela mineradores como dando às empresas que desejarem entrar nesse mercado, uma oportunidade de entrar em um ambiente mais estável, uma vez que a eficiência nos chips de 7nm e 5nm provavelmente permanecerá lucrativa pelos próximos 4 anos ou mais a partir do Halving.

A longo prazo, não há dúvida de que o poder de computação de toda a rede aumentará e à medida que a geração mais antiga de plataformas de mineração for desativada, a taxa de hash diminuirá por um tempo, para provavelmente subir depois. Isso pode impactar o preço temporariamente, mas não deve fazer o Bitcoin cair vertiginosamente.

O preço do Bitcoin não deve cair muito baixo após o Halving

A sensação dos mineradores é que mesmo que ocorra uma correção no preço do Bitcoin após a diminuição das recompensas, qualquer perda causada pelo evento quase sempre é compensada pelo aumento no preço do bitcoin e pelo sentimento de alta que vem com uma contração na taxa de crescimento da oferta monetária.

Portanto, a maioria dos mineradores permanece otimista com o Bitcoin, mesmo que correções e percalços ainda sejam experimentados no futuro.

Quebrando o impacto do Halving

Dada a maneira como a rede Bitcoin, suas mineradoras, recompensas em bloco e o preço do BTC estão inextrincavelmente vinculados, o halving tem um amplo impacto nos fatores como: rentabilidade reduzida; dificuldade da rede e custos de energia. Além disso, naturalmente, o lucro dos mineradores varia de acordo com o preço do BTC.

Entretanto, como esse tipo de evento á previsível, ele possivelmente já vem sendo precificado de forma antecipada, de maneira que os preços podem não sofrer nenhuma pressão drástica em função do evento e caso isso ocorra o motivo deverá ser atribuído a outros fatores externos e mais amplos em termos da economia global.

Pequenos mineradores sucumbem, grandes mineiros crescem

Um cenário possível, com as margens diminuindo (ou sendo completamente apagadas) e as atualizações de hardware necessárias, mineradores menores, após o halving poderão sair do mercado completamente ou mudarão para a mineração de outras moedas compatíveis com sua força para a prova de trabalho. Enquanto isso, as grandes mineradoras ficarão maiores e controlarão proporções maiores do poder de hash da rede, aumentando sua fatia do mercado.

O otimismo prevalece

Apesar de seu inevitável impacto imediato sobre os resultados dos mineradores, o próximo halving do Bitcoin é considerado um desenvolvimento amplamente positivo.  Para aqueles que consideram entrar nesse espaço agora, os próximos quatro anos podem proporcionar estabilidade em termos de projeções e planejamento, enquanto atores existentes e bem gerenciados estão preparados para as próximas mudanças e continuam otimizando suas operações.

No geral, da perspectiva dos mineradores não é muito diferente das frequentes oscilações de preço pelas quais o Bitcoin é conhecido, mas tem a vantagem de ser agendada, permitindo que as empresas com visão de futuro planejem com antecedência.

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Ezequiel Gomes
Ezequiel Gomes é escritor, Youtuber, palestrante, jornalista e entusiasta incondicional da blockchain e da descentralização proporcionada pelas criptomoedas.
Publique seu comentário...
Ezequiel Gomes 140 artigos
Ezequiel Gomes é escritor, Youtuber, palestrante, jornalista e entusiasta incondicional da blockchain e da descentralização proporcionada pelas criptomoedas.
Follow Ezequiel @