Mudança na Economia Pode Favorecer Lançamento de Moeda Digital do Brasil, Diz Diretor do BC


Mudança na Economia Pode Favorecer Lançamento de Moeda Digital do Brasil, Diz Diretor do BC

  • Brasil terá moeda digital em dois ou três anos
  • Diretor do Banco Central avalia momento propício para lançamento de CBDC
  • Pagamentos digitais e forma como pessoas lidam com dinheiro ajudará no lançamento do real digital

Em breve o Brasil poderá ter sua própria moeda digital administrada pelo Banco Central (CBDC). De acordo com o projeto de lançamento de digitalização do real brasileiro, a moeda será lançada entre dois ou três anos.

Segundo entrevista ao R7, o diretor de Organização do Sistema Financeiro do Banco do Brasil, João Manoel Pinho de Mello, a transformação da economia cria um “momento muito oportuno” para o lançamento de uma moeda digital no Brasil, controlada pelo BC.

Para Mello, a transformação da economia brasileira pode ser um fator determinante para a adesão da população ao projeto do real digital. Além disso, o executivo destaca que cada vez mais a sociedade utiliza “meios digitais de pagamentos”, o que pode beneficiar o lançamento da moeda digital brasileira.

Moeda Digital do Brasil

O Real Digital do Brasil será lançado até 2024, de acordo com o cronograma do projeto da CBDC. Aproveitando a digitalização da economia, o executivo do BC, João Mello, reconhece que o momento é propício para o lançamento.

Assim, com o crescimento de pagamentos digitais no Brasil e o sucesso de lançamento de ferramentas como o Pix, uma moeda digital pode ser rapidamente absorvida pela sociedade.

“O momento é muito oportuno para discutirmos a CBDC, porque estamos em um período de mudanças em relação à forma com que lidamos com a moeda.”

Segurança e tecnologia

Além de destacar a mudança na economia cada vez mais digital, João Manoel Pinho de Mello destaca que a tecnologia por trás de uma moeda digital pode ser benéfica para o sistema financeiro brasileiro.

Além de segurança, o uso de uma moeda digital controlada pelo Banco Central permitirá até a “inclusão financeira”, destaca o executivo. Ele também acredita que uma moeda digital deve simplificar o uso do dinheiro em transações de valores para outros países.

“A tecnologia é uma aliada e que não é contraditório o uso de CBDC com a segurança e a estabilidade do sistema financeiro.”

CoinGape Twitter

Assine nossa newsletter gratuitamente

Disclaimer A Coingape está comprometida em seguir os mais altos padrões de jornalismo e, portanto, segue uma política editorial rigorosa. Dessa forma, a CoinGape toma todas as medidas para garantir que os fatos apresentados em seus artigos sejam precisos.
Isenção de responsabilidade: As opiniões, previsões, posições ou estratégias expressadas pelos autores e pelos que fornecem comentários são apenas suas e não refletem necessariamente as opiniões, previsões, posições ou estratégias da CoinGape. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou publicação não se responsabiliza por sua perda financeira pessoal.
Author: Paulo José
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Publique seu comentário...
Paulo José 225 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.
Follow Paulo @