Olhar: O que está por trás da queda das stablecoin?

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Maio 13, 2022 Updated Maio 13, 2022

Olhar: O que está por trás da queda das stablecoin?

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Maio 13, 2022 Updated Maio 13, 2022

O colapso da UST da Terra provocou um debate sério sobre o futuro do espaço stablecoin, ao mesmo tempo que marcava severamente o sentimento do mercado cripto. A UST ficou desindexada do dólar mas cedo essa semana, e desde então lutou para reganhar sua indexação de 1:1. As medidas corretivas do fundador Do Kwon e da Luna Foundation Guard pouco fizeram para remediar suas perdas.

 

A Tether (USDT), a maior stablecoin do mundo, também parece estar sob pressão de venda, e está negociando mais de 4% abaixo da sua indexação de 1 dólar.Esta fraqueza gerou especulações de que os governos poderiam usá-lo como exemplo ao emitirem regulamentos mais rigorosos sobre a indústria das criptomoedas.

Leia mais: O Banco Central de Hong Kong diz que as Stablecoins têm capacidade para entrar no Sistema Financeiro Mainstream

Será que o governo vai proibir as stablecoins?

 

A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) poderia impor mais restrições à emissão de stablecoins na sequência desta queda recente. Um tema comum entre os governos que apela a uma maior regulamentação cripto é a proteção dos investidores. Com a Terra a eliminando bilhões de dinheiro dos investidores em dias, podem ter um ponto forte.

 

John Deaton, um proeminente defensor das cripto, afirmou que o presidente da SEC, Gary Gensler, e a senadora Elizabeth Warren – ambos céticos vocais – poderiam utilizar a queda da Terra como “Prova A” para a necessidade de regulamentação.

 

Gensler criticou recentemente as exchanges cripto por agirem contra os melhores interesses dos seus clientes, numa entrevista com a Bloomberg.  Gensler também derrubou várias tentativas de um ETF cripto à vista, citando preocupações sobre participações de investidores.

 

A Secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, também mencionou recentemente a UST durante uma audiência do Comitê Bancário do Senado. Yellen apelou a uma melhor regulamentação cripto para evitar possíveis riscos financeiros, como a queda da Terra.

Leia mais: As reservas de Stablecoins em todas as exchanges atingiram a nova alta histórica de US$27 bilhões

A morte das stablecoins é um boom para CBDCs?

 

Os governos poderiam utilizar a atual rotina de stablecoin para implementar suas próprias Moedas Digitais de Banco Central (CBDCs). Vários países, incluindo os Estados Unidos, já estão trabalhando no desenvolvimento dos seus próprios tokens digitais.

 

Em março, o Banco da Inglaterra disse que as stablecoins em sua forma atual eram um risco financeiro grande. Tinha apelado a uma melhor regulamentação do espaço e, possivelmente, até mesmo a uma alternativa apoiada pelo governo.

 

A China, que proibiu definitivamente as criptomoedas, introduziu este ano um yuan digital. A India, que está adotando uma postura cada vez mais anti-cripto, tambémtem planos para introduzir sua própria CBDC.

Leia mais: Crypto.com corta taxas de rendimentos outra vez; retornos sob depósitos de Stablecoin caem até 8%

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
2586 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story