Solana (SOL) torna-se um alvo de ataques de phishing; eis por que razão

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Março 6, 2022 Updated Março 6, 2022

Solana (SOL) torna-se um alvo de ataques de phishing; eis por que razão

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Março 6, 2022 Updated Março 6, 2022

Slowmist, uma empresa de segurança de blockchain, emitiu um aviso aos usuários sobre ataques recentes de phishing na rede Solana. A empresa informou que estes tipos de roubo têm sido muito frequentes. Recentemente, a Solana perdeu US$320 milhões em Ethereum (ETH) da sua ponte de token defi Wormhole.

Leia mais: SOL cai 6% com a Solana enfrentando outra parada de 48 horas, momento de subida e queda para a Solana?

A Slowmrist levanta bandeiras vermelhas

 

O ecossistema da criptomoedas e NFT está repleto de possibilidades e roubos. A Slowmist tem acompanhado mais de 650 eventos de hack, nos quais os usuários perderam mais deUS$25 bilhões em todo o mundo.

 

Em um novo lembrete, a empresa de segurança blockchain levantou um alarme sobre o próximo roubo possível de NFT. A Slowmist explicou como é feito.

 

  1. O intruso faz airdrop de NFTs aos usuários em lotes.
  2. O usuário entra então no website de destino através da ligação recebida na descrição do airdrop (www_officialsolanarares_net).
  3. Liga-se à carteira e clica em “Mint” (“Cunhar”) na página.
  4. Após a aprovação, todo a SOL na carteira será transferida.

 

Basta clicar em Approve (Aprovar), o usuário interage com a ameaça plantada pelo intruso. A ameaça aqui é um contrato mal-intencionado que instiga a Transferência de Solana. A Slowmist informa que esses ataques de phishing estão aumentando.

 

A empresa observou uma preocupação com o mecanismo de segurança Phantom da Solara Wallet. Não existe um “aviso de risco” completo para os usuários, o que facilita o prejuízo aos usuários.

Leia mais: Coleção de NFTs da rede Solana doa R$ 55 mil para crianças com câncer

Ataques de phishing em ascensão?

 

As tentativas de phishing destacadas estão criando um ponto cego de segurança que está fazendo com que os usuários percam seus investimentos. Os recentes US$320 milhões no hack da Wormhole tem um sinal importante para reforçar a segurança na blockchain. No entanto, em 2021, o Phantom, uma carteira digital baseada em Solana, reforçou suas defesas cibernéticas.

 

Chris Kalani, da PHANTOM, salientou que “precisamos proteger os usuários contra a perda dos seus fundos devido aos esquemas de phishing.

 

Entretanto, US$600 milhões roubados da Poly Network foram registrados como a maior invasão no espaço das finanças descentralizadas de sempre. No entanto, o hacker devolveu os ativos roubados depois que a rede disparou o aviso relativo à ação legal que pode ser tomada contra eles.

Leia mais: SOL aumenta 17% depois que a Coinbase lista tokens de Projeto baseados em Solana pela primeira vez

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
2287 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story