Time do Betim espera arrecadar R$ 2 milhões com fan token

By Paulo José
Published Março 4, 2022 Updated Março 4, 2022

Time do Betim espera arrecadar R$ 2 milhões com fan token

By Paulo José
Published Março 4, 2022 Updated Março 4, 2022

Mais um time de futebol brasileiro se prepara para lançar sua própria fan token no mercado cripto. Através de uma parceria com a FAARO/Lunes, o clube do Betim está desenvolvendo um criptoativo próprio.

De acordo com o cronograma de lançamento, os torcedores do Betim poderão comprar o fan token a partir de março de 2022. O lançamento do criptoativo acontece alguns meses após o Cruzeiro também anunciar seu próprio token.

Assim como o Betim, o time da Raposa firmou uma parceria com a FAARO/Lunes para desenvolver o fan token do clube. Lançado em novembro de 2021, o fan token do Cruzeiro vendeu 900 mil unidades durante a pré-venda. O clube de futebol mineiro arrecadou R$ 4,5 milhões.

O fan token do Betim pretende aproximar a torcida do time. Além de investir no criptoativo, os usuários poderão participar mais ativamente das atividades do clube de Minas Gerais.

Leia Mais: Ethereum invade Rio de Janeiro com evento sobre criptomoedas

Além de promover uma interação entre o time de futebol e os torcedores, os detentores do fan token do Betim poderão participar de sorteios de brindes do clube, além de ter acesso a outros serviços que serão integrados com a novidade.

Segundo a expectativa de pré-lançamento no mês, o fan token do Betim pode alcançar R$ 2 milhões em vendas durante essa primeira fase de oferta do criptoativo.

CoinGape Twitter

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Paulo José
456 artigos
Jornalista apaixonado pelo universo das criptomoedas e seu enorme impacto na sociedade. Ele conheceu o Bitcoin em 2013 sem saber que a criptomoeda tomaria conta de sua vida anos depois. Ele trabalhou em outros portais de notícias sobre criptomoedas e atualmente é um dos contribuidores do CoinGape.

Loading Next Story