Twitter de Elon Musk processado por demitir “desproporcionalmente” funcionárias

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Dezembro 9, 2022 Updated Dezembro 9, 2022

Twitter de Elon Musk processado por demitir “desproporcionalmente” funcionárias

By Guilherme de Faria Martins da Silva
Published Dezembro 9, 2022 Updated Dezembro 9, 2022

De acordo com um processo recente contra o Twitter de Elon Musk, a corporação supostamente teve como alvo funcionárias para demissões.

 

Outro processo foi aberto contra o Twitter como resultado do recente expurgo de metade de sua força de trabalho. Este caso em particular alega que a corporação de mídia social visou funcionárias do sexo feminino para demissões a uma taxa desproporcionalmente maior do que os funcionários do sexo masculino.

 

Êxodo em massa do Twitter

 

Elon Musk implementou uma estratégia de corte de custos no Twitter no início de novembro, o que resultou na demissão de aproximadamente 3.700 funcionários.  Posteriormente, centenas de outros funcionários deixaram seus cargos.

 

A ação coletiva proposta foi submetida a um tribunal federal em São Francisco na noite de quarta-feira. Ele afirmou que, quando o Twitter foi assumido por Elon Musk, a pessoa mais rica do mundo, a empresa demitiu 57% de suas funcionárias do sexo feminino, em comparação com apenas 47% de seus funcionários do sexo masculino.

 

Ex-funcionários do Twitter apresentam acusações

 

Carolina Bernal Strifling e Willow Wren Turkal, duas mulheres que perderam seus empregos no Twitter sob a aquisição de Elon Musk, apresentaram a queixa em conjunto na quarta-feira.

 

De acordo com o processo, Strifling, que reside em Miami, Flórida, se inscreveu no Twitter em junho de 2015, enquanto Turkal, que reside em San Jose, Califórnia, começou seu trabalho em junho do ano passado.

 

De acordo com o processo, a discrepância entre homens e mulheres era ainda mais pronunciada no campo da engenharia; onde 48% dos homens perderam seus empregos neste campo, e 63% das mulheres também o fizeram.

 

Processos judiciais em andamento no Twitter

 

A advogada que representa os queixosos – Shannon Liss-Riordan – afirma que,  desde que Musk adquiriu a empresa, as mulheres “tinham alvos nas costas”, independentemente de seu talento ou contribuições para a empresa.

 

Desde o início deste mês, Liss-Riordan também foi nomeado para representar outros ex-funcionários do Twitter em três diferentes ações pendentes que foram apresentadas ao mesmo tribunal.

 

Twitter enfrentando potencial banimento?

 

A União Europeia (UE) ameaçou fechar o Twitter de Elon Musk a menos que o  bilionário cumpra suas rígidas diretrizes para a regulamentação de conteúdo, o que desencadeou uma batalha legal sobre a sobrevivência futura da rede social.

 

Thierry Breton, o comissário da UE encarregado de realizar a implementação da legislação digital, supostamente emitiu a ameaça durante uma chamada de vídeo com Elon Musk no início do mês passado.

Isenção de responsabilidade
O conteúdo apresentado pode incluir a opinião pessoal do autor e está sujeito às condições de mercado. Faça sua pesquisa de mercado antes de investir em criptomoedas. O autor ou a publicação não tem qualquer responsabilidade por sua perda financeira pessoal.
sobre o autor
Guilherme de Faria Martins da Silva
2956 artigos
Escritor de conteúdo experiente em investimento e domínio de blockchain. Recentemente, obteve a certificação de Agente Autônomo de Investimento. Prospecto e planilhas de fundos de investimento, informações técnicas e comerciais relacionadas a produtos de investimento, white papers, white papers técnicos, sites e postagens em mídias sociais.

Loading Next Story